search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Empresa de café solúvel vai investir US$ 60 milhões e criar 800 novos empregos

Notícias

Economia

Empresa de café solúvel vai investir US$ 60 milhões e criar 800 novos empregos


Sede da Café Cacique em Londrina, Paraná (Foto: Divulgação)
Sede da Café Cacique em Londrina, Paraná (Foto: Divulgação)
A companhia Cacique Café Solúvel vai lançar, no próximo dia 25, a pedra fundamental para marcar o início das obras de sua segunda fábrica. A nova unidade será instalada em Linhares, na região Norte do Estado (a sede fica em Londrina, no Paraná), e terá um investimento de US$ 60 milhões.

A previsão é de que a primeira etapa da construção da fábrica seja concluída no primeiro trimestre de 2021. Ela vai gerar 300 novos empregos durante a fase de construção e 800 (diretos e indiretos) quando a unidade estiver operando. A unidade terá capacidade de produzir 12 mil toneladas de café solúvel ao ano.

“O acordo entre Mercosul e União Europeia – redução da taxa de importação dos 9% para zero, a ser realizada gradativamente em quatro anos – nos fez acelerar os investimentos. A União Europeia é um mercado extremamente importante e o segundo principal destino das exportações de nossa empresa. A previsão é que o mercado brasileiro de café solúvel aumente em 35% suas exportações para o continente europeu nos próximos cinco anos”, ressaltou o diretor comercial da Cacique, Pedro Guimarães.

O secretário de Estado do Desenvolvimento, Marcos Kneip, destacou a importância do empreendimento para o fortalecimento da cadeia produtiva local. “Trata-se de uma empresa que já adquire parte da produção de café capixaba e que agora busca novos fornecedores no Estado. Isso fortalece a cadeia produtiva local, gerando mais renda e oportunidades para os capixabas”.

A nova unidade será construída na BR-101, na altura do quilômetro 160, bairro Bebedouro, em uma área de 500 mil metros quadrados.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados