search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Em doses certas, gengibre traz muitos benefícios para a saúde
Nutridicas
Gabriela Rebello

Gabriela Rebello


Em doses certas, gengibre traz muitos benefícios para a saúde

Sabe aquele gengibre que as avós mandavam comer para melhorar da gripe? Pois bem, elas tinham razão. Conhecido pelo seu sabor picante, o gengibre é um daqueles alimentos que, em doses certas, traz benefícios para a saúde.

É possível preparar esse rizoma (caule subterrâneo da planta), de diversas maneiras para incluí-lo na alimentação, como em chás, batidas e até em conserva.

No mercado pode ser encontrado de várias formas, dentre elas in natura, pó, óleo essencial, extrato seco e cápsulas.

Com baixo valor calórico, o gengibre é rico em minerais importantes (como magnésio e potássio) e vitaminas (folato e vitamina B6) o que o leva a ser utilizado em terapias de artrite, estimulador de apetite, infecções urinárias e doenças reumáticas (osteoartrite, artrite reumatoide e gota).

E não para por aí, o gengibre é indicado como regulador da pressão sanguínea, anti-inflamatório, disfunção erétil e para o controle das cólicas menstruais.

A aplicação terapêutica mais popular do gengibre é o tratamento para problemas gastrointestinais, para o controle de náuseas, vômitos e enjoos, além de auxiliar na digestão daqueles que consumiram excesso de alimentos gordurosos.

Lembrando que gestante também podem fazer uso desta raiz quando buscarem melhora dos desconfortos gastro intestinais.
Não é à toa que substâncias presentes na raiz do gengibre são usadas na fabricação de medicamentos laxantes, antigases e antiácidos.

Mas vou contar para vocês: a sua fama é devido ao gingerol, uma substância com ação principal relacionada a sua ação termogênica, auxiliando na perda de peso para quem procura emagrecer, isso por que o gengibre é capaz de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico.

No entanto, sabe-se que não existem milagres quando o assunto é perder peso. Para que o consumo de gengibre com este objetivo mostre resultado, é necessário aliá-lo à dieta regrada e exercícios físicos.

É necessário ressaltar que se deve tomar cuidado com o consumo excessivo do gengibre.
Alguns estudos mostraram que a alta ingestão pode provocar efeitos adversos, dentre eles azia, diarreia e desconforto estomacal.
Por isso, como trata-se de uma especiaria, bastam pequenas quantidades (1 lasca de 2 cm por dia) do gengibre no chá ou preparações culinárias para aromatizar as preparações.

E fica o alerta sobre a ingestão de cápsulas: elas precisam ser prescritas por um profissional nutricionista e não devem ser compradas sem indicação, ok?!

Me contem como vocês costumam consumir o gengibre. Encontro vocês na próxima semana.

Dica da Nutri

Chá!
O chá de gengibre, de sabor característico, é feito de modo que pedaços do gengibre fresco sejam fervidos em água por cerca de 10 minutos. Você pode tomar o chá quente ou gelado, mas é importante não reaquecê-lo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados