search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

E fora das quatro linhas
Elas em Campo

E fora das quatro linhas

Por Mayra Scarpi

Enquanto mulheres estão com a bola no pé, outras estão com o apito na boca e a prancheta na mão. Observando cada uma delas, estão aquelas que falam e escrevem sobre o que estão vendo. Comentam, dão pitaco, apuram, entrevistam e torcem.

Representatividade é a palavra. Disputando a Copa do Mundo na França, país que em 2018 foi campeão do Mundial masculino, elas estão no centro das atenções do esporte mais popular do mundo. 

Formiga. 41 anos. Mais tempo disputando Copa do Mundo do que muitas atletas têm de idade. A lição? Sonhos não têm prazo de validade. Isso sem entrar no mérito de como ela foi e é importante para a geração que troca passes com ela em cada partida.

Cristiane. Uma lesão perto de um momento tão decisivo. A gratidão por quem a ajudou a dar a volta por cima e marcou seu retorno como uma gigante. Corajosa, engoliu qualquer insegurança que poderia ter surgido diante de um desafio como uma Copa do Mundo.

União dentro de campo reflete na mobilização da torcida (Foto: Assessoria/ CBF)
União dentro de campo reflete na mobilização da torcida (Foto: Assessoria/ CBF)

E falando em gigantes… Marta. O nome que todos ouvimos falar, mesmo muitas vezes sem saber dar a real importância. Uma verdadeira estrela dentro de campo e uma figura ainda mais inspiradora fora dele. Responsável também pela visibilidade em crescimento do futebol feminino. Um ícone com toda a simplicidade, mesmo eleita seis vezes a melhor do mundo.

A melhor do mundo. Seis vezes. Um ícone longe de polêmicas e no centro de comerciais das maiores marcas. Imagine os frutos de todo esse momento, com essas personagens e outras mais, para meninas do mundo inteiro, que nesse momento estão jogando bola com a vizinhança ou na escola.

A verdade é que todas essas jogadoras e também tantas outras fazem em campo o que queremos e lutamos para fazer na vida. Elas buscam por igualdade, enquanto provam por A + B que os tempos são outros e que ninguém tem o direito de contestá-las. E fazem isso com muita qualidade, encantando multidões, trazendo leveza.

Sem falar nada, apenas marcando gols, trocando passes e defendendo, transformam o seu redor. Para quem está na França, no Brasil ou em qualquer outro lugar. Para quem ainda nem sabe que futebol existe, que não vê televisão, mas que certamente vai encontrar um mundo melhor também por causa dessas mulheres.

Copa do Mundo é Copa do Mundo. Não há nada parecido para quem gosta de futebol e até para quem nem acompanha. E assim o futebol feminino conquista espaço e liberta até quem não está em um estádio. 
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados