Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

E a Educação padrão Fifa?
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


E a Educação padrão Fifa?

Os deputados Sergio Majeski e Iriny Lopes subiram à tribuna da Assembleia ontem para repudiar o que chamam de “ato arbitrário” do governo federal de cortar 30% das verbas destinadas a faculdades e institutos federais. Majeski subiu com uma planilha para mostrar, em números, onde a tesoura vai cortar.

“A Ufes tem 23.171 alunos, 1.120 projetos em andamento de pesquisa científica e tecnológica, 527 projetos de extensão que beneficiam 2 milhões de pessoas no Estado”. Citou o hospital mantido pela Ufes (Hucam), que conta com 218 leitos e 10.700 internações por ano. “A sociedade tem que se levantar” disse Majeski, com Iriny vindo em coro: “Indignação é pouco”.

Na última sexta, cerca de dois mil estudantes fizeram uma passeata em protesto aos cortes, em Vitória. Ontem, foi no Rio. Em tempo: mês que vem completam 6 anos que as manifestações populares – que começaram após 20 centavos de aumento nas passagens mas se tornaram cobranças por um serviço público de qualidade – tomaram as ruas do País.

Popularidade caiu

Nos protestos, realizados às vésperas da Copa no Brasil, eram comuns cartazes com a inscrição: “Queremos uma Educação padrão Fifa”, num paralelo aos gastos com os campos de futebol para se enquadrarem no padrão exigido pela Federação de Futebol. A popularidade da ex-presidente Dilma caiu, com as manifestações, de 65% para 30%.

Solidário ou socialista?

O deputado estadual Dary Pagung, que está sem partido depois de ter deixado o PRP (partido que presidia no Estado), tem sido convidado para se filiar a algumas legendas. Mas, está para decidir entre duas siglas.

“Recebi convite de vários partidos, estou analisando, mas tenho dado preferência para o Solidariedade e para o PSB”, afirmou Dary.

OAB-ES se posiciona

A OAB-ES se posicionou com relação às últimas polêmicas envolvendo o governo federal. Aderiu à campanha do Conselho Federal em repúdio ao turismo sexual de mulheres brasileiras. Promete reforçar a campanha de denúncias, que podem ser feitas pelo Disk-100.

Também se solidarizou com os estudantes que, na última sexta-feira, protestaram contra cortes em universidades e institutos federais.

Sem acúmulo de função

O prefeito de Vila Velha, Max Filho, sancionou projeto do vereador Reginaldo Almeida que proíbe o acúmulo de funções de motorista e cobrador nos ônibus do Sistema de Transporte Coletivo de Vila Velha, à exceção de seletivos e micro-ônibus. O descumprimento acarretará multa à empresa.

Lelo mostra força com apoio de 16 prefeitos

O presidente do MDB, Lelo Coimbra, fez sua primeira demonstração de força ontem ao apresentar uma carta assinada por todos os 16 prefeitos do partido de apoio à sua reeleição ao comando da legenda. Ele deve disputar contra o ex-presidente Marcelino Fraga. “Entendemos que precisamos de um representante na direção partidária preparado para ampliar a participação do MDB em 2020”, diz a carta, endereçada ao partido. A eleição será no mês que vem.

Galeria

Audiência Pública

A Câmara de Cariacica faz hoje, às 19h, audiência pública para debater obras no município, como o Hospital Geral de Cariacica e rodovias que receberão investimentos.

Faculdade e novo nome

O presidente da Assembleia, Erick Musso, está em Brasília para a convenção nacional do PRB que passa a se chamar “Republicanos”. Também vão lançar uma faculdade da sigla.

Atentado à democracia

O Sindijornalista manifestou total repúdio ao atentado sofrido pela equipe de jornalistas da TV Vitória. Ontem, bandidos atearam fogo no carro da reportagem, em Bonfim.

Eleição verde

O PV de Vila Velha faz hoje convenção para eleger novo diretório e passar de comissão provisória à efetiva. O ouvidor da Prefeitura Alexandre Salgado é cotado para presidir.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados