Música

Drama pessoal. Câncer do filho faz Michael Bublé esquecer carreira musical


 (Foto: )
(Foto: )

A vida de Michael Bublé mudou muito a partir do fim de 2016, quando foi constatado um câncer no fígado de seu primeiro filho Noah. Em entrevista ao site USA Today, o cantor canadense disse que a prioridade desde sempre foi a saúde de seu primogênito.

“Eu nem sequer penso mais na minha carreira”, afirmou o cantor ao falar sobre o tumor do filho, que atualmente está em fase de remissão.

“Esse tipo de coisa permite que você aproveite as pequenas coisas da vida e não seja tão pessimista ou ocupado se preocupando com quantos gostos você tem, ou quanto dinheiro você fez, coisas que fazem você pensar: ‘Deus, no que eu estava pensando?'”, explicou.

Apesar da melhora do filho no tratamento, o cantor ainda se emociona com abordagens de fãs. “Eu fui à Disneylândia com meus filhos e você sabe pessoas se aproximaram de mim e colocaram a mão no meu ombro e disseram: ‘Nós oramos por você?’. Foi triste porque você tem que reviver muitas coisas, mas, ao mesmo tempo, me deu fé na humanidade e na bondade das pessoas.”

Bublé, que está terminando uma turnê de shows iniciada no ano passado, contou os motivos pelos quais preferiu fazer três semanas de concertos, e posteriormente passar outras duas ao lado da esposa e dos três filhos.

“É literalmente a maneira mais financeiramente irresponsável de fazer turnê, porque é muito melhor sair por períodos mais longos e manter todo mundo lá fora e manter o equipamento e a equipe, Mas isso não importa para mim. Eu não posso ir lá e ser feliz se não estou com a família. E o que é realmente bom é que eles estão vindo comigo nessa turnê”, explicou.