Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dono da Amazon apresenta planos para missão na Lua

Notícias

Internacional

Dono da Amazon apresenta planos para missão na Lua


Na última quinta-feira (9), num evento fechado em Washington, nos Estados Unidos, Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, apresentou seus grandes planos para o futuro da humanidade. E eles vão começar com um retorno à Lua -desta vez para ficar.

De concreto, o dono da Amazon e da companhia espacial Blue Origin apresentou um módulo lunar em que estão trabalhando, chamado Blue Moon. Em sua versão inicial, ele é capaz de pousar suavemente na superfície lunar até 3,6 toneladas de carga e experimentos científicos. O módulo poderá ser lançado pelo primeiro foguete de alta capacidade da Blue Origin, o New Glenn, que deve fazer seu primeiro voo em 2021.

Jeff Bezos, dono da Amazon e o homem mais rico do mundo, acredita na expansão da humanidade pelo Sistema Solar (Foto: Reprodução/Instagram/@jeffbezos)
Jeff Bezos, dono da Amazon e o homem mais rico do mundo, acredita na expansão da humanidade pelo Sistema Solar (Foto: Reprodução/Instagram/@jeffbezos)

Bezos destacou que a tecnologia do módulo poderia ser adaptada para a construção de uma versão tripulada, capaz de dar suporte aos planos recém-anunciados pela administração Trump de levar astronautas ao solo lunar em 2024.

A estratégia de Bezos para o retorno à Lua é bastante conservadora e se alinha com o que a Nasa fez nos anos 60 com o programa Apollo e quer voltar a fazer com sua cápsula Orion. Ela faz um forte contraste com outro gigante dessa nova era espacial, Elon Musk, que sugere a construção de uma espaçonave de grande porte totalmente reutilizável capaz de pouso na Lua. Aliás, "sugere" não. A SpaceX, de Musk, está de fato construindo um protótipo da nave, chamada Starship, neste momento no Texas.

Ambos concordam que a expansão da humanidade pelo Sistema Solar é uma necessidade. Mas há um contraste nas motivações. Enquanto Musk defende que é importante colonizar o planeta Marte e se tornar uma civilização multiplanetária para nos imunizarmos contra qualquer ameaça existencial, Bezos, por outro lado, enfatiza a necessidade de usar os recursos espaciais para manter o ritmo de crescimento da prosperidade humana e proteger a própria Terra de nossas ações deletérias à saúde do planeta.

A ideia dele é levar toda a indústria pesada para o espaço e tornar nosso mundo natal um paraíso, além de construir enormes colônias espaciais em estações gigantescas com gravidade artificial por rotação, usando os recursos praticamente ilimitados do Sistema Solar para manter a humanidade na trajetória de crescimento econômico e social que pautou os últimos séculos.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados