Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Dois vereadores na prefeitura?

Luciano Rezende (Foto: Beto Morais/ AT/ 22/08/2018)
Luciano Rezende (Foto: Beto Morais/ AT/ 22/08/2018)
O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, vai fazer uma reforma geral no 1º escalão após os desfalques que sofreu cedendo secretários ao governo estadual e com a eleição a deputado do seu braço direito e ex-supersecretário Fabrício Gandini. E os vereadores Vinícius Simões (PPS) e Nathan Medeiros (PSB) estão sendo cotados para assumirem pastas na prefeitura.

Vinícius, que deixou a presidência da Câmara de Vereadores do final do ano, pode assumir a Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, lugar deixado por Lenise Loureiro que hoje é secretária estadual de Recursos Humanos. Na cadeira de Vinícius entraria o suplente Fábio Lube (PPS).

Já Nathan é cotado para assumir a Central de Serviços no lugar de Leonardo Formigão, que foi para a Secretaria de Transporte. Com a saída de Nathan entra o 2º suplente Juarez Vieira (PSB), já que o 1º, Rogerinho Pinheiro, está no Ipem.

Luiz Emanuel de volta?
Embora queira continuar à frente da Secretaria de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouain pode ter que voltar à Câmara de Vitória. Primeiro para fortalecer a base do prefeito Luciano Rezende na Casa, tendo em vista que o atual presidente Cléber Félix não é alinhado ao prefeito. Segundo para baixar a poeira das polêmicas que tem se envolvido.

Só ele escapou
Na Câmara de Vitória, o único que assinou o projeto para acabar com os cargos da Mesa Diretora e não perdeu seus cinco indicados na “limpa” que o presidente Cléber Félix fez – exonerando 35 cargos – foi o vereador Denninho Silva (PPS).

Há quem diga que ele mudou de posição com relação ao projeto e está sendo cobrado pelos colegas.

De olho no “vale-night”
Ao tomar posse como chefe de Polícia Civil, o delegado José Darcy Arruda, em seu discurso, fez uma declaração à mulher, Letícia: “Eu te amo”. Ao discursar logo após, Casagrande disse que Arruda fez média com a mulher e emendou: “Na minha época, um elogio dava direito a um vale-night”. Todos riram.

“Não há ruído com os deputados”
O chefe da Casa Civil, Davi Diniz, disse que não há ruído entre os deputados e o governo, após alguns parlamentares reclamarem da condução da Polícia Civil no inquérito contra o deputado Luiz Durão.

“De forma legítima eles teceram o que entendem ser correto. Respeitamos o posicionamento dos parlamentares, apesar de discordarmos, mas não há qualquer problema”.

Durão continua na vice-presidência do PDT-ES
O deputado Luiz Durão, que está preso por estupro, continua à frente da vice-presidência do PDT no Estado. Questionado se o partido abriria algum procedimento para investigar sua conduta, o presidente do PDT, deputado Sergio Vidigal, disse que por enquanto, não. “É uma situação delicada. Cabe ao partido esperar, aguardar. Não vamos tomar nenhuma atitude antes de a Justiça se pronunciar”. O partido deve se reunir mês que vem para tratar a questão.

Até quando?
No final de semana começaram a circular fotos e vídeos íntimos supostamente da adolescente que foi levada para um motel pelo deputado Luiz Durão, aparentemente numa tentativa de desqualificar a vítima. O delegado do caso, Lorenzo Pazolini, negou que seja a adolescente no vídeo e disse que compartilhá-lo é crime.

A César o que é de César
Se nada mudar, a vaga na Secretaria de Estado do Esporte será preenchida pelo PDT. Hoje, quem ocupa o posto interinamente é o subsecretário Alessandro Comper (PDT) e uma das possibilidades é que ele fique no cargo definitivamente.

Batendo na trave
Por pouco o deputado Marcelo Santos não virou conselheiro no ano passado e, por pouco, também não virou secretário neste ano.

Transparência
O senador Fabiano Contarato divulgou em suas redes sociais que é contra o voto secreto no Congresso.