search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Doenças exantemáticas
Doutor João Responde

Doenças exantemáticas

Dezembro de 1978. Após frutificante período de faculdade, eu terminava o curso de Medicina. Durante as festividades de formatura, amanheci febril e com o corpo todo pintado de vermelho.

Como ainda não havia adquirido a experiência que tenho hoje, busquei o diagnóstico baseado em meu acervo teórico. Como os frequentes processos alérgicos apresentam erupções cutâneas, desprezei a possibilidade de ter contraído alguma patologia de etiologia viral.

Exantema, ou rash tegumentar, é o aparecimento de lesões cutâneas vermelhas, em uma região específica, ou por todo o corpo, produzidas por infecções, alergias ou efeitos colaterais de medicamentos.

As causas infecciosas mais comuns são o sarampo, a escarlatina, a catapora e, como aconteceu comigo, a rubéola. Estas afecções são de difícil distinção.

Embora em certas situações os sinais característicos de determinadas patologias seja claro, em várias ocasiões há dificuldade em se estabelecer o diagnóstico preciso, sendo necessária a complementação com exames subsidiários.

Comum, o sarampo é considerado a mais grave e contagiosa de todas as doenças que ocorrem durante a infância.

Os seres humanos são os únicos infectados pelo vírus causador dessa enfermidade. É importante o acompanhamento do paciente, principalmente porque o sarampo pode ser confundido com outras patologias.

Sarampo é uma doença perigosa, principalmente para os grupos de risco, que são gestantes, crianças e idosos. O desenvolvimento da doença é semelhante ao da varicela e da varíola.

O vírus infecta as vias respiratórias, podendo atingir a corrente sanguínea e se espalhar para outros órgãos.

Suas primeiras manifestações clínicas são: febre, tosse, conjuntivite e coriza. Antes de surgirem erupções, os sintomas são facilmente confundidos com a gripe.

Escarlatina é uma doença contagiosa, que surge em decorrência da complicação de faringite ou amigdalite bacteriana. Embora contagiosa, ela pode ser facilmente tratada com antibióticos, como penicilina ou eritromicina.

O sintoma mais característico da escarlatina é o aparecimento de amigdalite, febre alta, língua avermelhada, falta de apetite, dor de garganta, cefaleia e prostração. Pintas avermelhadas costumam aparecer na pele.

A transmissão da escarlatina acontece pelo ar, através da inalação de gotículas originadas da tosse ou do espirro de uma pessoa infectada.

Embora seja mais comum em crianças, a escarlatina pode acometer adultos.

Comum na infância, a catapora é caracterizada pelo surgimento de bolhas vermelhas no corpo, acompanhadas de mal-estar, perda de apetite, febre e dor de cabeça.

Rubéola é uma virose comum no período da infância, mas que também pode ocorrer em adultos não vacinados, ou que não tiveram a doença quando crianças.

Transmitida através das vias respiratórias, a rubéola provoca manchas vermelhas na face e atrás da orelha, se espalhando, posteriormente, por todo o corpo.

Os sintomas são parecidos com aqueles da gripe, como cefaleia, dores nas articulações e nos músculos, pele seca, congestão nasal e febre. As erupções desaparecem em menos de cinco dias.

A rubéola geralmente é benigna e, em metade dos casos, não produz nenhuma manifestação clínica. Entretanto, ela se torna perigosa quando ocorre durante a gravidez, podendo causar aborto e malformações congênitas.

Dentre as inúmeras manifestações das doenças que pintam o corpo, o exantema é o mais exuberante sinal.

Embora um sintoma seja uma bússola que aponta para algo errado, sua similitude em várias doenças exige que o médico perceba as sutilezas que ele esconde.

“Uma criança nunca sabe o que é um martelo, até confundir o dedo com um prego”.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

O asfixiante coronavírus

Flutuando no ar, esse invisível inimigo se espalha por meio de gotículas transmitidas ao ar pela respiração, principalmente quando ocorrem espirros e tosse. Estando presentes ao redor, indivíduos …


Exclusivo
Doutor João Responde

Higienização com álcool em gel

Qual a diferença entre desinfetante, antisséptico e esterilizante? Desinfetar é destruir aquilo que causa infecção. Antissepsia é limpar algo contaminado. Esterilizar se refere a um processo de …


Exclusivo
Doutor João Responde

Em busca da vacina milagrosa

Vivendo entre o sonho e a realidade, ninguém é imune à sentença do tempo. A ansiedade é inimiga mortal da nossa paz. A paz é amiga vital da nossa saúde. Estamos atravessando um período dramático…


Exclusivo
Doutor João Responde

Complicações contra a Covid-19

Indagados por não estarem usando máscaras, muitas pessoas afirmam que são resistentes à Covid-19. Esta declaração categórica é bastante perigosa, uma vez que, diante da pandemia, ninguém pode dispor …


Exclusivo
Doutor João Responde

Baço, um órgão pouco lembrado

A designação desse órgão abdominal originou-se pelo fato dele ser embaçado, não se deixando ser atravessado pela luz. O baço sempre constituiu um desafio à curiosidade dos investigadores que …


Exclusivo
Doutor João Responde

Nossa memória imunológica

Quase ninguém se recorda da última vez em que ficou doente por conta de uma infecção microbiana, mas o sistema imune lembra bem desse momento da vida, assim como de vários outros anteriores. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Esses malditos vírus

Nada garante a saúde permanente do ser humano. Por mais que a vida seja protegida, nada assegura a manutenção da tranquilidade do amanhã. Por esse motivo, a ciência toma conclusões como verdades …


Exclusivo
Doutor João Responde

Maconha não é droga inofensiva

Quando aquele jovem apareceu no consultório, eu já sabia boa parte da história que ele iria me contar. Preocupada, sua mãe havia ligado antes, me passando algumas informações a seu respeito. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Minha vesícula encheu de pedras

Semanas após ter sido encaminhada para extrair a vesícula biliar, a paciente retornou ao meu consultório. Satisfeita, ela afirmou: “Minha cirurgia foi um sucesso, doutor”. Nada lembrava a …


Exclusivo
Doutor João Responde

Estou magro, mas sou gordo

Doze meses após se consultar comigo, o paciente reapareceu. Lembro-me quando ele chegou pela primeira vez. Lá estava, diante de mim, um adiposo jovem, carregando lipídios, complexos e desânimo. …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados