Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Djavan tem quatro indicações ao Grammy Latino

Entretenimento

Famosos

Djavan tem quatro indicações ao Grammy Latino


Djavan. Foto: Reprodução / internet.
Djavan. Foto: Reprodução / internet.
Djavan. Foto: Reprodução / internet.

O cantor Djavan é o principal destaque entre artistas brasileiros indicados ao 17º Grammy Latino. Ele está concorrendo em quatro categorias: álbum do ano por “Vidas pra Contar”, gravação do ano, melhor canção em língua portuguesa por “Vidas pra Contar” e melhor álbum cantor compositor.

Djavan está entre os artistas com maior número de indicações, ao lado de Julio Reyes Copello, Fonseca, Jesse & Joy e Ricardo López Lalinde.

Os indicados à premiação foram divulgados nesta quarta-feira, 21, em Miami. Além do cantor, Celso Fonseca, Sophia Abrahão e Ian Ramil também concorrem. Celso concorre na categoria canção do ano, um prêmio para compositores, com “Céu”. Sophia Abrahão e o gaúcho Ian Ramil foram indicados na categoria artista revelação.

A cerimônia de premiação acontece no dia 17 de novembro, em Las Vegas.

Confira a lista dos indicados nas categorias principais:

 

Álbum do ano:

“Tour terral tres noches en Las Ventas” — Pablo Alborán

“Cinema” (Edição em espanhol) — Andrea Bocelli

“Mil ciudades” — Andrés Cepeda

“Vidas pra contar” — Djavan

“Conexión” — Fonseca

“Los dúo 2” — Juan Gabriel

“Un besito Más” — Jesse & Joy

“¿Dónde están?” — José Lugo & Guasábara Combo

“Buena vida” — Diego Torres

“Algo Sucede” — Julieta Venegas

Gravação do ano:

"Cuestión De Esperar" — Pepe Aguilar

"Se Puede Amar" — Pablo Alborán

"Me Faltarás" — Andrea Bocelli

'Si Volveré" — Buika

"Vida Pra Contar" — Djavan

"Duele El Corazón" — Enrique Iglesias Featuring Wisin

"Ecos De Amor" — Jesse & Joy

"Lado Derecho Del Corazón" — Laura Pausini

"Iguales" — Diego Torres

"La Bicicleta" — Carlos Vives & Shakira

 

Canção do ano:

"A Chama Verde" — Patty Brayden, Ned Claflin & John Finbury, compositores (John Finbury Featuring Marcella Camargo)

"Bajo El Agua" — Manuel Medrano, compositor (Manuel Medrano)

"Céu” — Celso Fonseca, compositor (Celso Fonseca)

"Duele El Corazón" — Enrique Iglesias, Patrick A. Ingunza, Silverlo Lozada, Servando Moriche Primera Mussett, Hasibur Rahman, Francisco Saldana & Wisin, compositores (Enrique Iglesias Featuring Wisin)

"Ecos De Amor" — Jesse & Joy, Danelle Leverett, Jason Reeves & Rune Westberg, compositores (Jesse & Joy)

"En Ésta No" — Sin Bandera, compositor (Sin Bandera)

"Es Como El Día" — Kevin Johansen, compositores (Kevin Johansen + The Nada)

"Hermanos" — Moska & Fito Páez, compositorers (Fito Páez & Moska)

"La Bicicleta" — Andrés Castro, Shakira & Carlos Vives, compositores (Carlos Vives & Shakira)

"La Tormenta" — Flavio Cianciarulo, compositor (Los Fabulosos Cadillacs)

 

Melhor artista revelação:

Sophia Abrahão

Alex Anwandter

The Chamanas

Esteman

Joss Favela

Ile

Mon Laferte

Manuel Medrano

Morat

Ian Ramil

 

Melhor canção em língua portuguesa

“Amei Te Ver” - Tiago Iorc, (Tiago Iorc)

“D De Destino” - Almir Sater, Paulo Simões & Renato Teixeira (Almir Sater & Renato Teixeira)

“Maior” - Dani Black (Dani Black Featuring Milton Nascimento)

“Maria Da Vila Matilde” (Porque Se A Da Penha É Brava, Imagina A Da Vila Matilde) - Elza Soares

“Vidas Pra Contar” – Djavan (Djavan)

 

Melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa:

“Tropix” - Céu

“Troco Likes” - Tiago Iorc

“Território Conquistado” - Larissa Luz

“Mundo” - Mariza

“Leve Embora” - Thiago Ramil

 

Melhor álbum de rock em língua portuguesa

“Manual” - Boogarins

“Derivacivilização” - Ian Ramil

“Éter” - Scalene

“Canções De Exílio” - Jay Vaquer

“Distante Em Algum Lugar” - Versalle

 

Melhor álbum de samba/pagode

“De Bem Com A Vida” - Martinho da Vila

“Notícias Dum Brasil 4” - Eduardo Gudin

“Tem Mineira No Samba” - Corina Magalhães

“Na Veia” - Rogê & Arlindo Cruz

“Sambas Para Mangueira” (Vários Artistas)

Melhor álbum de música popular brasileira

“Dilúvio” - Dani Black

“Todo Caminho É Sorte” - Roberta Campos

“Like Nice” - Celso Fonseca

“Delírio” - Roberta Sá

“A Mulher Do Fim Do Mundo” - Elza Soares

 

Melhor álbum de música de raizes brasileiras

“No Forró Do Seu Rosil” - Lucy Alves & Clã Brasil

“Heraldo Do Monte” - Heraldo do Monte

“Cordas, Gonzaga E Afins” - Elba Ramalho

“AR” - Almir Sater & Renato Teixeira

“A Luneta E o Tempo” - Trilha Sonora Original De Alceu Valença

 

Melhor álbum de música sertaneja

“Amanhecer” — Paula Fernandes

“Bar Do Leo” — Leonardo

“Adivinha” — Lucas Lucco

“Baile Do Teló” — Michel Teló

“Sóis” — João Victor


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados