Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Disputa em Cariacica esquenta

 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A Câmara de Cariacica vai eleger a nova Mesa Diretora no dia 1º de janeiro, mas as articulações para eleger o futuro presidente já tomam conta das sessões, dos grupos de WhatsApp e das conversas dos 19 vereadores.

Pelo menos três nomes já despontam na frente para a disputa: o atual presidente, César Lucas, e os vereadores Joel da Costa e Edson Nogueira. O vereador Wellington Silva que, segundo bastidores, teria deixado o secretariado de Cariacica para disputar a presidência, não tem encontrado muita consonância entre os pares. Assim como Celso Andreon.

Mas, a disputa à presidência é apenas um degrau para a disputa à prefeitura do município em 2020 que está sendo vista, por muitas lideranças, como aberta. Alguns grupos já se formam: um ligado ao federal e ex-prefeito Helder Salomão, outro ao deputado Carlos Mannato e um viria do grupo da vice-governadora eleita Jacqueline Moraes, que já foi vereadora.

* * * 

O novo secretário da Segurança, Roberto Sá, que é carioca, não vai passar o Réveillon no Rio. (Foto: )
O novo secretário da Segurança, Roberto Sá, que é carioca, não vai passar o Réveillon no Rio. (Foto: )
Deputados no jogo

Há também em Cariacica as lideranças ligadas aos deputados estaduais Sandro Locutor, Marcos Bruno e Marcelo Santos. Os três podem disputar a prefeitura também. Marcelo foi reeleito à Assembleia mas com menos votos em Cariacica se comparado a 2014. Já Marcos Bruno não conseguiu se reeleger e Locutor tentou a Câmara Federal, sem êxito.

* * *

Quem será o líder?

Questionado se já teria definido o nome do deputado que vai assumir sua liderança na Assembleia, o governador eleito Renato Casagrande disse que ainda não.

“A conversa com os deputados vai acontecer somente em janeiro. Vou conversar com todos”, disse ele na semana passada ao falar também da presidência da Assembleia.

* * *

“Otimizar a força da gestão”

A futura secretária de Gestão, Lenise Loureiro, disse se sentir desafiada para seu novo posto no futuro governo estadual.

“Vamos ter visão sistêmica. É desafiador cuidar do patrimônio, dar fluidez, receita para os espaços existentes. Vamos otimizar a força da gestão”, disse Lenise que pode ser considerada uma das gestoras mais versáteis da próxima administração.

* * *

Vinícius Simões vai para a Prefeitura de Vitória?

Na reforma administrativa que o prefeito Luciano Rezende pretende fazer, depois de perder vários secretários para o governo do Estado, um dos nomes cotados para assumir uma pasta é o do presidente da Câmara de Vereadores, Vinícius Simões. Do mesmo partido do prefeito, PPS, Vinícius pode assumir o lugar deixado pelo vereador Fabrício Gandini (PPS), que foi secretário e em outubro foi eleito para uma vaga de deputado estadual.

Galeria

Homenagem

O deputado federal Evair de Melo recebe homenagem na Câmara de Cachoeiro hoje, às 14h. A homenagem foi proposta pela vereadora Renata Fiório (PSD).

Pets em ônibus
A Câmara de Vila Velha aprovou na semana passada projeto da vereadora Dona Arlete que permite o transporte de animais domésticos de pequeno e médio porte (até 10 kg) nos ônibus municipais. Agora o projeto segue para análise do Executivo.

"Não aceito!”
O deputado estadual Enivaldo dos Anjos descartou disputar a presidência e os principais postos da futura Mesa Diretora da Assembleia. “Não serei e nem aceito ser candidato a presidente, a 1º ou a 2º secretário. Já digo que não pleitearei para evitar críticas imaginárias”, disse o deputado que, na mesma sessão alfinetou o colega Bruno Lamas por sua atuação no plenário.