Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Disputa de 2020 já acirra a Câmara

No jogo político é assim: mal acabou uma partida (eleição) e os jogadores (lideranças) já se preparam para a próxima. Agora, todos os olhos já estão voltados para a eleição municipal de 2020. E na Câmara de Vitória, os ânimos já estão acirrados.

Há na Casa, pelo menos, cinco pré-candidatos a prefeito da capital: Fabrício Gandini (PPS), que foi eleito deputado estadual; Cleber Félix (PP), que será o novo presidente da Câmara; Neuzinha de Oliveira (PSDB), que quer presidir o PSDB de Vitória; Mazinho dos Anjos (PSD) e Nathan Medeiros (PSB).

E as sessões da semana passada mostraram que a disputa já está na pauta: foi uma “competição” de apresentação de projetos com forte apelo popular – como propostas que enxugam os gastos do Legislativo. Além dos ataques direcionados a vereadores que podem disputar a sucessão do prefeito Luciano Rezende. É certo, porém, que o apoio de Luciano é do discípulo Gandini, que ano que vem estreia na Assembleia.

* * *

Nos passos da capital

Na Câmara de Cariacica, o clima é o mesmo. A abertura das urnas em outubro mostrou uma votação bastante pulverizada, com a perda de força e de capital político de lideranças tradicionais da cidade, o que abriu o jogo para novos atores. Com apoio de lideranças externas, a Câmara já tem 3 nomes na disputa à presidência que já debatem a prefeitura.

* * *

Retrospectiva

O retiro que está tendo em sua casa-sítio em Vila Velha, está servindo para o senador Magno Malta preparar uma espécie de “retrospectiva” do seu mandato, citando as CPIs que participou, para discursar até dia 10 numa das sessões do Senado.

Malta está em seu 2º mandato de senador, não foi reeleito e não deve virar ministro no futuro governo.

* * *

Defensoria quer renovação de concurso

A Defensoria Pública vai tentar renovar o prazo para chamada dos defensores aprovados no último concurso da categoria. A homologação do certame completa um ano no próximo dia 18 e, nesse período, foram repostas apenas 13 vagas.

Segundo assessoria da Comissão dos Defensores Aprovados, há 157 profissionais para assistir a população mais carente do Estado.

* * *

Fogos sem barulho!

O suplente de vereador Evandro Figueiredo lançou um abaixo-assinado na internet para que a festa de Réveillon de Vitória tenha apenas fogos de artifícios sem barulho. Argumenta que o barulho é prejudicial aos animais e aos autistas e que em Florianópolis a medida já foi adotada.

* * *

“Luciano não é candidato ao governo”

Presidente do PPS, o vereador Fabrício Gandini disse que o prefeito Luciano Rezende não vai disputar o governo em 2022. “Ele não é candidato a governador, vai apoiar o Renato (Casagrande) na posição que ele tomar, e eu estou incentivando o prefeito a disputar o Senado”, afirmou. Gandini disse, porém, que tudo vai depender de como cada liderança vai sair da eleição municipal de 2020. “Quem sair forte da eleição, saberá o seu tamanho e onde pode chegar”.

Galeria

Pagamento pelo cartão

A Câmara de Vila Velha aprovou projeto da vereadora Dona Arlete que autoriza o pagamento de taxas e impostos municipais pelo cartão de débito ou de crédito. O projeto segue agora para análise do prefeito.

Saúde pública

O deputado estadual Rafael Favatto, que é médico, protocolou projeto que obriga campanhas publicitárias e locais que fabricam e comercializam bebidas alcoólicas a informarem sobre o risco do consumo de álcool durante a gravidez.

Contas pendentes

O Ministério Público de Contas emitiu parecer recomendando a rejeição da prestação de contas do prefeito de Barra de São Francisco no exercício de 2015, Luciano Pereira. O descumprimento do limite legal de despesas com pessoal, o déficit de mais de R$ 9 milhões e outras 11 irregularidades motivaram a manifestação do órgão ministerial.