Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Direita articula chapa para reitoria da Ufes
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Direita articula chapa para reitoria da Ufes

 (Foto: Divulgação )
(Foto: Divulgação )
A escolha do terceiro mais votado na lista tríplice para reitoria da Universidade Federal do Ceará, feita pelo presidente Bolsonaro – quebrando uma tradição - cria um novo clima nas eleições dos demais campus. É que o Presidente optou por um candidato alinhado a ele, ignorando a ampla vantagem do primeiro colocado. Para a sucessão de Reinaldo Centoducatte, está sendo montada a chapa “Endireita Ufes”, que tem à frente a professora Surama Freitas, do campus de Alegre.

“Estamos organizando a chapa tendo como princípio questões básicas como zero droga e fortalecimento da segurança”, diz ela sobre a disputa que deverá ocorrer entre outubro e novembro deste ano, com a data ainda dependendo de decisões dos conselhos da universidade. Quanto ao fato de concorrer com uma bandeira de direita num território mais afeito a lideranças e pessoas identificadas como esquerda e centro, a professora salienta que “é o movimento pendular da democracia, e há que prevalecer o respeito entre as partes”. Ela aponta que a sociedade, desde 2013, vem sinalizando que deseja mudança de rumo.

Professora de medicina veterinária, Surama já foi candidata a vereadora, em Vila Velha. Nas últimas eleições, disputou vaga na Assembleia Legislativa pelo PRB, quando obteve cerca de um mil votos.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados