search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Devidamente avisado
Painel da Folha de São Paulo

Devidamente avisado

Auxiliares de Jair Bolsonaro foram informados por volta das 6h de ontem de que partidários de Juan Guaidó haviam invadido a Embaixada da Venezuela.

Ao Planalto, a notícia chegou por María Teresa Belandria, que representa o autoproclamado presidente venezuelano e principal opositor de Nicolás Maduro.

Os partidários do ditador também acionaram seus contatos logo no início da manhã. Parlamentares do PT e do PDT foram alertados ainda ao amanhecer.

Blindagem
A oposição acusou o Planalto de ter facilitado o conflito na Embaixada da Venezuela, e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) reagiu dizendo que Bolsonaro, pessoalmente, não foi avisado de nenhuma ação.

Blindagem II
A nota, porém, nada diz sobre o Planalto ou o governo – na melhor das hipóteses, os assessores decidiram não comunicar o chefe do incidente diplomático.

Dia e hora
Bolsonaro começou a colecionar provas que afastassem seu nome das investigações do assassinato de Mariele Franco em 14 de outubro, 15 dias antes de o Jornal Nacional exibir a primeira reportagem sobre o assunto. Nesta data, seus auxiliares solicitaram à Câmara os comprovantes de presença na sessão do dia da morte da vereadora.

Dia e hora II
O Planalto tem em mãos certificados de que Bolsonaro fez dois registros biométricos em 14 de março, dia em que Marielle foi assassinada. O último ocorreu por volta de 21h – a vereadora foi morta, no Rio, por volta de 21h30. No dia seguinte, Bolsonaro marcou presença no plenário de manhã, entre 7h e 8h.

Álibi
O Presidente disse publicamente ter sido avisado pelo governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), em 9 de outubro, que seu nome havia sido citado na investigação. A partir daí, ele não só alertou aliados sobre o que viria, como também mobilizou assessores para rebater as acusações.

Ampulheta
Líderes de centro e centro-direita receberam promessa de que o governo vai quitar um quarto das emendas devidas desde as negociações da reforma da Previdência até terça. Esse grupo ameaça obstruir votações até que tudo seja pago.

Só acredito vendo
O dinheiro para as emendas virá de projeto que abre um crédito extra de R$ 13 bilhões. A proposta foi protocolada no Congresso Nacional na tarde da última terça-feira.

Trava
O Ministério da Economia rejeitou as contas do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Segundo a pasta, o serviço de aprendizagem profissional vinculado à Confederação Nacional do Comércio (CNC) estourou os gastos administrativos em 2019 – bateram 31% do orçamento e o limite legal é 25%. O Serviço Social do Comércio (Sesc) vai na mesma toada.

Com lupa
O ministério monitora as contas do Sistema S desde março e havia avisado a CNC de problemas no Senac. Procurado, o Senac informou que está adotando medidas para esclarecer que os limites orçamentários foram observados.

Olha a faca
O secretário especial de Produtividade, Carlos da Costa, informou que o governo está definindo uma estratégia de apresentação da proposta que corta entre 20% e 50% de toda verba que irriga o chamado Sistema S. A CNC é forte candidata a sofrer a maior tesourada.

Desafinado
O debate sobre a convocação de uma constituinte, sugerido pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), é fora de propósito, diz Carlos Ayres Britto, ministro aposentado do STF.

Desafinado II
Para Britto, não há colapso que imponha revisão da Carta – nem ambiente para isso. “(Político) é eleito para cumprir a Constituição, não para dar-lhe as costas. Estamos mal das pernas porque temos andado contra a Carta”.

Tiroteio

“Guaidó que aterrisse seu avião em outro país. O Brasil não é arma de fora da lei. É um País de legalidade, paz e harmonia”. Do senador Temário Mota (Pros-RR), sobre a tentativa de aliados do opositor de Maduro de invadir a Embaixada da Venezuela em Brasília

Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Pare por aí

Integrantes do governo dão como certo que Jair Bolsonaro vetará no pacote anticrime o artigo que altera a Lei de Improbidade Administrativa. Não só o Ministério da Justiça, de Sergio Moro, mas …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Força da gravidade

Em meio à briga pelo comando do PSDB na Câmara, João Doria recebeu o alerta de líderes políticos de que ele e o seu partido estão cada vez mais afastados das siglas de centro. E que o isolamento …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Passos de bebê

Sem recursos para financiar toda a reformulação do Bolsa Família em uma única tacada, o governo estuda implantar o novo programa em duas fases. A primeira entraria em 2020 e a segunda, só em 2021. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mais tarde ainda

Contrariando a expectativa de senadores alinhados à Lava a Jato, que querem retomar a votação do projeto que habilita a prisão em segunda instância no início de fevereiro, o presidente do Senado, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Veio para ficar

A avaliação positiva da ministra Damares Alves (Mulher) no Datafolha sinalizou a políticos que a agenda conservadora nos costumes segue forte e é hoje a principal conexão dos mais pobres a Jair …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mudança de marés

Integrantes do PT e de movimentos de esquerda já discutem internamente os possíveis efeitos políticos de uma melhora da economia em 2020. Alguns recomendam cuidado com o discurso de que tudo vai …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Volte uma casa

Nota técnica da consultoria do Senado do último dia 3 diz que liberar o trabalho de professores aos domingos, como prevê a Medida Provisória do Emprego Verde e Amarelo, pode ferir a Constituição. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Bandeira social

O novo Bolsa Família, em elaboração pelo governo, amplia as faixas etárias de beneficiários. A ideia é expandir o pagamento extra a famílias com crianças de até 36 meses (3 anos) e àquelas que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Alô, direita

O congresso do PSDB amanhã em Brasília trará acenos ao eleitorado bolsonarista. Consulta prévia a filiados pela internet mostrou maiorias a favor do pagamento de mensalidade em universidades …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O show deve continuar

O secretário de Cultura, Roberto Alvim, deve ampliar o teto de captação de recursos da Lei Rouanet para musicais em teatro, de R$ 1 milhão para ao menos R$ 5 milhões. Em uma rara concessão a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados