Desfecho da “tragédia de Linhares” está próximo

Os irmãos mortos e a casa em Linhares palco da tragédia. Foto: Fábio Nunes/AT
Os irmãos mortos e a casa em Linhares palco da tragédia. Foto: Fábio Nunes/AT

Nos próximos dias a polícia vai mostrar finalmente “as suas cartas” no caso da morte dos meninos Joaquim, de 3 anos, e Kauã, de 6 anos, em Linhares. A trágica morte dos irmãos, cujos corpos foram encontrados carbonizados dentro de casa, completa um mês no domingo e as investigações seguem numa das maiores operações de “boca miúda” (sigilo) da crônica policial capixaba. Nunca tão pouco foi revelado sobre um caso de tamanha repercussão.

Pelo menos duas fontes ligadas à Segurança Pública garantiram que o encerramento do caso se aproxima.