Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Desconto se sair da sessão

Na última semana, a Assembleia diminuiu de três para duas as sessões plenárias semanais para que algo fosse apreciado pelos deputados no período eleitoral. Já na Câmara de Vitória começou a tramitar projeto que prevê o corte de 30% do salário referente ao dia daqueles vereadores que marcarem presença e forem embora antes de votarem os projetos em pauta.

A proposta de mudança regimental foi assinada por mais de cinco parlamentares, o mínimo necessário. “Hoje se digita presença e, depois de cinco minutos, pode ir embora. A presença é garantida. Mas estou dizendo no projeto que, se o vereador não tiver presente nas chamadas do início da sessão e do início da ordem do voto (das votações), será descontado”, explica o proponente, Roberto Martins (PTB).

O desconto previsto é de 30% referente ao dia trabalhado. O mesmo ocorrerá se faltarem reuniões das comissões.

Segunda tentativa
Na última legislatura, uma proposição semelhante chegou a ser discutida na Câmara da capital, mas foi impedida por alguns parlamentares. Indagado, o presidente do Legislativo, Vinícius Simões (PPS), acha que desta vez tem mais apoio: “Concordo com a medida. Tentamos fazer há algum tempo, mas não passou. Desta vez, acho que conseguimos”.

Por enquanto...
O governador Paulo Hartung (MDB) subiu no palanque do presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (PRB), no último final de semana. O parlamentar estadual concorre à reeleição e foi o primeiro a ganhar o apoio do emedebista.
Questionado se faria o mesmo por outros candidatos, Hartung só respondeu: “Por enquanto, é o Erick".

 (Foto: Léo Rangel)
(Foto: Léo Rangel)
Naquele tempo... 
Para quebrar o gelo, o candidato ao Palácio Anchieta Carlos Manato (PSL) chegou na sabatina com membros da Transparência Capixaba Jovem, no início da semana, afirmando que tinha 17 anos, assim como a maioria dos presentes. Mas logo emendou: “Eu completei 17 anos, mas há 44 anos!”.

“Serra precisa ser respeitada”
Dados divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam a Serra como a cidade com maior população: 507 mil habitantes.
“Temos também a maior produção industrial do Estado. A Serra está entre as 25 maiores cidades do Sudeste e precisa ser respeitada, independente de quem se eleja”, exigiu o prefeito Audifax Barcelos (Rede), que apoia Rose de Freitas (Podemos).

Candidatos ao Senado com mais de R$ 4 milhões
Quatro dos 11 candidatos ao Senado receberam R$ 4,05 milhões em doações para campanhas até agora. Liderando está Magno Malta (PR), que recebeu da Direção Nacional do partido R$ 2 milhões. O segundo é Ricardo Ferraço, ele conta com R$ 1 milhão enviados pelo PSDB Nacional e R$ 910 mil de cinco outras doações. Fabiano Contarato recebeu R$ 140 mil da Rede; e Ulisses Pincelli (Novo), R$ 5 mil em recursos próprios. Os demais não informaram à Justiça.

GALERIA

Apoio do prefeito
O ex-secretário de Meio Ambiente de Linhares Lucas Scaramussa lançou seu nome para vaga na Assembleia. Ele é o candidato do prefeito Guerino Zanon. Ambos são do MDB.

Setor educacional
O Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES) promove hoje encontro com alguns candidatos. Entre os nomes estão Aridelmo Teixeira (PTB) e Carlos Manato (PSL), pleiteantes ao governo; e Fabiano Contarato (Rede), que disputa o Senado.

Moradores de Rua
Foi criada, ontem, na Câmara de Vitória, a Frente Parlamentar de Enfrentamento à Situação de Rua. O presidente será o vereador Mazinho dos Anjos (PSD).

Marcha
O candidato ao governo do Estado pelo Psol, André Moreira, participou na tarde de ontem da 1ª Marcha pela Visibilidade Lésbica, que passou pelo Centro de Vitória.