search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Desastre iguala derramamento do Cosco Busan
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Desastre iguala derramamento do Cosco Busan

A quantidade de petróleo recolhida pela Petrobras da costa nordestina já equivale a todo o petróleo derramado na costa americana, em novembro de 2007, no acidente do cargueiro Cosco Busan.

O navio se chocou contra a ponte da Baía de São Francisco derramando na água 53,3 mil galões de petróleo, cerca de 202 toneladas, segundo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOOA, em inglês).
 

Pagamento
A Fleet Management Limited, dona do Cosco Busan, foi considerada responsável. Teve de pagar US$ 44,4 milhões (R$ 181 milhões).

Hipótese reforçada
O volume de petróleo reforça a hipótese de que a poluição que atingiu a costa do Nordeste veio de um navio próximo à costa brasileira.

Origem venezuelana
A origem venezuelana do petróleo e o bloqueio econômico à ditadura reforçam a tese de naufrágio de navio clandestino a caminho da África.

Venezuela reincidente
O Wall Street Journal revelou em maio que 7,4 toneladas de ouro foram vendidas pelo ditador venezuelano Nicolás Maduro em Uganda.

Bolsonaro repete erros de Lula e Dilma na Câmara
Deputados são intolerantes com interferências explícitas de presidentes da República na Câmara. Lula cometeu esse erro. Era presidente, no auge, quando tentou impor Luiz Eduardo Greenhalgh, advogado pedante, para substituir Virgílio Guimarães, mineiro boa praça, como candidato do PT à presidência da Câmara. Os governistas racharam e o resultado da confusão foi a vitória de Severino Cavalcanti (PP-PE).

Erro fatal
Dilma vetou o acordo do PT para apoiar Eduardo Cunha à presidência da Câmara. A interferência lhe custaria o mandato.

Deu no que deu
Arlindo Chinaglia, nome de Dilma, perdeu feio. O PT ficou sem cargos e influência, enquanto Eduardo Cunha articulava o impeachment.

Rebordosa feia
A Câmara sempre reage mal a interferências do Executivo, daí a rebordosa imposta a Bolsonaro e ao filho que queria ser o líder do PSL.

Chega de intermediários
Dona de um dos mais conhecidos prostíbulos do Piauí, Beth Cuscuz se filiou ao MDB. Foi recebida com honras pelo presidente da Assembleia Legislativa e do MDB, deputado Themístocles Filho. A piada pronta serve apenas para dar moral aos que xingam as mães dos políticos.

Caiado implodiu o PSL
É antiga a mal-querência com o Delegado Waldir (GO), líder do PSL. No começo do ano, Bolsonaro ordenou que ele entregasse o comando do PSL-GO ao governador Ronaldo Caiado (DEM). O líder se recusou.

Vai ter troco
O deputado Bibo Nunes (PSL-RS) recebeu como “medalha no peito” a suspensão decidida pela executiva nacional. Ele confia que, com ajuda do TSE, Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) assumirá a liderança do partido.

Reação elegante
A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) reagiu como uma lady à sua destituição da Liderança do Governo no Congresso. No começo do ano, ela disse que em defesa de Bolsonaro seria capaz até de brigar na rua. E avisou: “Em briga de rua, dou tapa na cara de mão aberta”.

Impacto trilionário
A estimativa do relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), é que o impacto total da aprovação da PEC da reforma, com a PEC paralela, chegaria a R$ 1,312 trilhão em dez anos.

Ops, faltou dizer
O noticiário sobre as manifestações dos separatistas em Barcelona omite o fato de que somente 2 milhões dos 8 milhões de catalães pedem separação da Espanha. A grande maioria não quer isso.

Menos corrupção
Segundo o Barômetro Global da Corrupção (América Latina e Caribe), levantamento da Transparência Internacional, a percepção do brasileiro sobre a corrupção melhorou em relação à última pesquisa, de 2017.

Feliz Natal
O comércio varejista deve ter o maior número de contratações para as festas de fim de ano desde 2013. Confederação Nacional do Comércio prevê 91 mil contratações temporárias, 4% a mais que em 2018.

Pergunta aos céus
Realizar reunião do PSL em frente ao posto que deu origem à Lava a Jato é coincidência ou premonição?

Poder sem pudor

O céu que nos protege
Pós-graduado em política e dificuldades, ainda assim o saudoso deputado pernambucano Thales Ramalho tinha muito a aprender.
Em campanha para novo mandato, ele viu que a seca tornara desoladora a paisagem Serra Talhada, em seu Estado. Puxou conversa com um agricultor:
“A terra está ruim, não é, meu amigo?”. Ele contou depois que a resposta do homem representou a lição do dia:
“A terra até que tá boa, dotô. O céu é que não está prestando...”
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Investigação pode isentar navio grego de culpa

O governo já desembarca da certeza de que o navio grego Bouboulina foi o responsável pelo despejo de petróleo que sujou o litoral brasileiro. Os gregos continuam na lista de suspeitos, mas em …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bivar reage a Bolsonaro discutindo fusão com PL

O deputado Luciano Bivar (PE), presidente nacional do PSL, teve uma longa conversa ontem discutindo a possibilidade de fusão com outro empresário do ramo, ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP), dono …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Tebet avisa que prisão em 2ª instância será votada

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MT), está disposta a enfrentar qualquer manobra que tente sabotar o projeto instituindo prisão de criminosos …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Palocci fez saques em dinheiro no banco Safra

Em depoimento sob acordo de delação, o ex-ministro petista Antonio Palocci contou que tinha liberdade de ir pessoalmente ao banco Safra realizar saques em dinheiro, sem que as operações fossem …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Lula é solto com cara e discurso envelhecidos

Solto na sexta-feira (9) após 580 dias cumprindo pena de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula reapareceu envelhecido, mais magro e até mais abatido do que na vez anterior, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Líder pede adiamento de taxação da energia solar

Líder do governo no Senado, Eduardo Gomes (MDB-TO) enviou ofício à “agência reguladora” da energia elétrica (Aneel) em tentativa de, pelo menos, adiar o golpe da taxação sobre os consumidores que …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Quase 80% são a favor de prisão em 2ª instância

O Supremo Tribunal Federal (STF) pode concluir hoje o julgamento da possibilidade da execução de prisão após a condenação em segunda instância. O julgamento está 4 a 3 a favor da prisão, mas o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro triplicou investimento saudita previsto

Os investimentos de US$ 10 bilhões (R$ 40 bilhões) da Arábia Saudita, anunciados na visita de Jair Bolsonaro àquele país, foram definidos em negociação rápida, durante reuniões amistosas entre os …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pesquisa: 43,4% querem Bolsonaro filiado ao PSL

Levantamento nacional exclusivo do Paraná Pesquisas para esta coluna e o site Diário do Poder mostra que, para 43,4% dos brasileiros, o presidente Jair Bolsonaro deveria permanecer filiado ao PSL, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

STF está a 3 votos de liberar todas as drogas

Na semana em que retomará o julgamento sobre prisão após condenação em segunda instância, com grande possibilidade de um retrocesso vergonhoso, o Supremo Tribunal Federal (STF) retirou da pauta outro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados