Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

DEM mira “espólio” da esquerda no Nordeste
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


DEM mira “espólio” da esquerda no Nordeste

Nas primeiras eleições municipais após o fim da era PT-MDB na Presidência, o DEM investirá politicamente para ficar com o “espólio” da esquerda no Nordeste. O partido avalia disputar com boas chances de vitória quatro prefeituras de capitais da região: São Luís, Fortaleza, Recife e Salvador.

Em outras, como Aracaju, Teresina e João Pessoa, o DEM pretende estar em “chapas competitivas”. “Quaisquer que sejam os planos para 2022, a inserção no Nordeste é um ativo importantíssimo”, afirma o presidente do partido, ACM Neto.

Janela... O sonho dourado do DEM é traduzir em votos o espaço conquistado tanto com a presidência da Câmara e do Senado quanto com os ministérios ocupados no governo federal. Quer retomar a relevância que o antigo PFL já teve na Região Nordeste

...de oportunidade. “O DEM pode ocupar esse vazio de centro-direita deixado pela perda de espaço do PT e pela dificuldade do PSL em se estruturar”, avalia o deputado federal Efraim Filho (PB).

CLICK. Com apoio do MDB de Santa Catarina e do Paraná, o Rio Grande do Sul lançou movimento pela renovação nacional do partido. Simone Tebet (MS) prestigiou o evento.

Um a um. No último fim de semana, o DEM filiou cinco prefeitos na Paraíba, todos com chances de reeleição. Agregou ainda o ex-senador Mão Santa, hoje prefeito de Parnaíba (PI).

Influência. Os cargos ocupados no governo também podem render frutos. Os ministros Henrique Mandetta e Tereza Cristina devem lançar candidatos em Campo Grande. Na quarta-feira (4), Neto conversa com Onyx Lorenzoni sobre Porto Alegre.

Mais. O Podemos mira em outra insatisfeita do PSL, Juíza Selma. Ela reclamou a colegas que o partido não tem feito defesa enfática de seu mandato. Ela foi cassada no TRE-MT e seu processo corre no TSE.

Tudo... Enquanto o centro político estiver desunido, as pesquisas de avaliação devem produzir pouco impacto transformador no modo de ser de Jair Bolsonaro e de seu núcleo de seguidores mais fiel, ao menos para fins eleitorais.

...certo. O importante, avaliam no PSL, é manter o apoio em torno de 30% sem deixar a rejeição bater a marca dos 45% (de ruim e péssimo).

Morde e assopra. Na última reunião ministerial, Bolsonaro disse que ouviria todas as opiniões sobre os vetos ao projeto de abuso de autoridade, mas, principalmente, a do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Menos... Ainda está em análise, mas há concordância entre Justiça, CGU, AGU e até liderança do governo na Câmara para vetar a punição ao agente que não se identificar ao preso.

...é mais. A AGU argumenta, no documento no qual recomenda 14 vetos, que esse trecho traz insegurança para os agentes.

Tudo green. Nos últimos dias, a Embaixada do Brasil em Washington enviou pelo menos sete ofícios a parlamentares americanos prestando informações sobre incêndios na Amazônia. Um deles para o senador democrata Bernie Sanders.

Master chef. Amigo do chef Alex Atala, o senador Lucas Barreto (PSD-AP) tem reunido colegas em torno da gastronomia amapaense. Semana passada, serviu pernil de cordeiro na presença de Eduardo Bolsonaro e paella com arroz negro para Sergio Moro.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Gaeco” da Lava a Jato é opção para Dallagnol

Procuradores da Lava a Jato em Curitiba acreditam que Deltan Dallagnol poderá se candidatar ao cargo de procurador regional, para atuar na segunda instância do Ministério Público Federal, caso a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pacto Federativo ficará a cargo do Senado

O governo federal definiu sua agenda econômica no Legislativo para este resto de ano e decidiu mesmo deixar com o Senado a proposta do Pacto Federativo. Ainda falta acertar quem, em linha com o …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Obra do Rodoanel volta com câmeras ao vivo

Alvo da Lava a Jato em São Paulo, o trecho Norte do Rodoanel será retomado pelo governo paulista em 2020. Todos os contratos foram rescindidos e novas licitações deverão ser realizadas para os seis …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Trégua entre presidente e Valeixo não convence

A aparente trégua na relação Jair Bolsonaro-Polícia Federal não convence integrantes da corporação. Há a avaliação de que o Presidente deve trocar o comando em uma eventual mexida na Esplanada dos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Governo simplifica repasses a municípios

A um ano das eleições, o ministro Paulo Guedes assinou portaria para desburocratizar repasses a obras em municípios. O texto atende os parlamentares e os prefeitos insatisfeitos com custos e com a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dallagnol se escora em grupo de senadores

O procurador da República Deltan Dallagnol estreitou sua relação com o “Muda Senado”. A ideia é se contrapor a um movimento de deputados que se aproveitam desse momento de recuo da Lava a Jato para …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ataque nas redes faz Doria definir estratégia

João Doria tem sido aconselhado por assessores e secretários a evitar “entrar na pilha” do bolsonarismo, ou seja, a não rebater toda e qualquer declaração do Presidente ou de seus súditos. As …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Centro vê brecha para atacar a polarização

Dentro e fora do Congresso, líderes enxergam neste momento de turbulência do bolsonarismo, às voltas com o fraco desempenho econômico e as acusações de sufocar a Lava a Jato, uma brecha para as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Witzel busca aliados para se nacionalizar

De olho na candidatura à Presidência em 2022, o governador Wilson Witzel intensificou os movimentos para se nacionalizar. Busca em quem se apoiar agora que sua relação com o presidente Jair Bolsonaro …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pesquisa mede poder de força de “padrinhos”

A disputa por espaço político-eleitoral entre o governador João Doria e o presidente Jair Bolsonaro terá o primeiro teste de fogo daqui a um ano, mais especificamente na eleição para prefeito de São …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados