Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

De volta, Bruno Cardoso vê 'reinvenção' do Sorriso Maroto em novo projeto

Música

De volta, Bruno Cardoso vê 'reinvenção' do Sorriso Maroto em novo projeto


Sorriso Maroto lançou um novo single nesta sexta-feira (Foto: Divulgação / Facebook Oficial)
Sorriso Maroto lançou um novo single nesta sexta-feira (Foto: Divulgação / Facebook Oficial)
O Sorriso Maroto tem um novo projeto audiovisual que inclui o single "Escondido dos Seus Pais", dois EPs (SM3 EP1 e SM3 EP2) e seu primeiro DVD ao vivo após o retorno de Bruno Cardoso, 37, que ficou afastado do grupo por seis meses em decorrência de um problema no coração.

"Esse projeto trouxe um motivo de reinvenção. Depois desse período, nós resolvemos reiniciar a máquina e começar o ano completamente diferente. Começar do zero não só na parte musical, mas no conceito artístico como um todo", afirma Cardoso.

O vocalista conversou com a reportagem nos bastidores da gravação de um pocket show exclusivo para fãs e convidados, no Rio de Janeiro. O evento serviu para mostrar o novo conceito do grupo e captar imagens que, depois, serão usadas em clipes, como uma espécie de aquecimento para o DVD -ainda sem data definida.

Realizado para pessoas selecionadas que, segundo Bruno Cardoso, "vivem o Sorriso Maroto", a ideia foi fazer o público se sentir em um mundo paralelo. Por isso, montou-se uma espécie de arena em formato de cubo, rodeada por efeitos de cor.

"Foi o cubo mágico do Sorriso. As cores têm significados, energias, temperaturas diferentes, e tudo o que o Sorriso mais recebeu foi energia. Cada cor aqui é responsável por traduzir algum sentimento, por passar alguma coisa. Tentamos traduzir um pouco de nossos sentimentos com as cores", disse o vocalista.

A captação das imagens, que foi totalmente realizada com aparelhos iPhone, revela uma banda antenada com o mundo digital. Bruno Cardoso afirma que a banda, que tem 21 anos de trajetória, surgiu em uma fase analógica e agora vem se digitalizando com o tempo.

"O celular, na nossa época, era para poucos e, hoje, está na mão de todo mundo. Estamos felizes por dar esse novo passo. É um desafio que nos motiva. A gente gosta de arriscar e de se aventurar em algumas coisas. Hoje o mundo está dentro da palma da mão. Por que não entregarmos tudo através do celular?"

E a renovação não para por aí. Satisfeito com a nova safra de artistas que chegou ao samba e ao pagode, o Sorriso Maroto comemora a parceria que tem feito com nomes como Ferrugem e Dilsinho. "Esses caras chegaram e já são uma realidade. Além de serem gente que está bem no mercado, são nossos amigos."

Produtor musical e diretor artístico de Dilsinho, Bruno Cardoso conta que participou diretamente do crescimento do artista. "Tê-lo hoje dentro do trabalho do Sorriso sempre foi um desejo nosso. Chegou o momento. Ferrugem também vive uma fase tão incrível quanto a do Dilsinho."

Cris Oliveira (percussão e vocal) completa: "Participamos do DVD deles, então com a maior satisfação e honra a gente tem eles aqui. É uma forma de agradecimento por tudo o que eles fizeram por nós enquanto Bruno estava ausente. E, claro, pela qualidade e pela competência deles".


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados