search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dados e reflexão sobre o mercado

Especial Seminário

Especial Seminário

Dados e reflexão sobre o mercado


 (Foto: Cacá Lima)
(Foto: Cacá Lima)

O tema escolhido pela Rede Tribuna para o primeiro almoço-palestra da edição 2019 do projeto “Em Pratos Limpos” agradou a empresários e autoridades presentes.

Luiz Coutinho, presidente do Extrabom, disse que a palestra serviu para tirar o empresário da zona de conforto. “Muito boa a palestra. Tira a gente da zona de conforto e isso é muito bom. Nós precisamos disso”.

Na avaliação de Miguel Bassini, diretor da Danúbio, o tema escolhido é atual e interessante para qualquer segmento. “A mídia digital vem trazendo mudanças nos hábitos dos consumidores. Então, o que a gente fazia no passado para atrair esse consumidor passou por transformações”.

O presidente da Findes, Léo de Castro, comentou que a atividade econômica da indústria transbordou e muitas indústrias relacionam-se com o consumidor final. “Entender as novas tecnologias, e que são muitas, para a indústria é muito importante. Fico feliz de a Rede Tribuna estar puxando essa iniciativa no Estado”.

Cada segmento tem suas características próprias, frisou o vice-presidente do Grupo Águia Branca, Décio Chieppe. “Um carro por exemplo, o consumidor estuda muito o produto antes de adquirir. Hoje há facilidades para propiciar as melhores experiências ao consumidor”.

O mundo físico e virtual também se funde em outros aspectos que não necessariamente o comercial. A análise foi feita pelo deputado estadual Fabrício Gandini que esteve presente no almoço-palestra realizado na quinta-feira da semana passada, em Vitória.

Cada vez mais é preciso integrar as cidades e gerar um ambiente favorável, tanto no virtual como no físico, defende o deputado.

“Estamos discutindo isso na reforma tributária. Aonde deve ficar o recurso do comércio virtual, porque hoje está muito concentrado em São Paulo. Por mais que seja uma loja virtual, o ambiente fiscal, de instalação de abertura de empresa está ligado ao município. Por isso, estamos criando um ambiente favorável a negócios, sempre, tanto na capital como no Estado”, disse Gandini.


leia mais / especial seminário


Especial Seminário

Loja com formato inovador

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados