Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mecânica e informática entre os cursos preferidos das mulheres

Notícias

Economia

Mecânica e informática entre os cursos preferidos das mulheres


Enquanto cursos como Pedagogia, Direito e Enfermagem figuram entre os favoritos das mulheres quando o assunto é ensino superior, no ensino técnico, a realidade é bem diferente.

Formações que até então eram almejadas, principalmente, por homens têm figurado entre as mais buscadas pelo público feminino. É o caso dos cursos técnicos em mecânica e em áreas ligadas à tecnologia, como desenvolvimento de sistemas e informática.

Outra formação que está em alta é a segurança do trabalho. O curso, que visa a preparar o profissional para eliminar riscos e proteger o funcionário de possíveis acidentes em empresas, construções e instalações industriais, foi o mais buscado pelas mulheres do Estado, segundo o Senai Espírito Santo.

Trata-se de uma mudança gradativa, que mostra que trocar um pneu, trabalhar com máquinas ou ir a campo em ambientes considerados perigosos deixaram de integrar apenas o universo masculino.

A gerente do Senai Vitória, Yvanna Pimentel, atribui essa nova realidade a uma mudança que ocorre, também, na forma como as mulheres são enxergadas no mercado de trabalho.

“Hoje, as indústrias estão mais preparadas para receber mulheres em ambientes que, geralmente, predominam os homens. Em parte, porque a mulher tem um olhar mais atencioso e detalhista, algo que, em áreas como mecânica automotiva, é muito importante.”

Essa nova perspectiva acaba por desconsiderar se um profissional é homem ou mulher, passando a focar na produtividade, e na capacidade de atender às necessidades de determinada empresa.

“Isso desencadeou uma mudança na própria mulher, que passou a se desenvolver de acordo com suas vocações e não de acordo com o que era esperado dela”, ressaltou a psicóloga e diretora da Psico Store, Martha Zouain, segundo a qual isso influencia, inclusive, nas perspectivas financeiras.

E, para quem deseja aventurar-se nessas áreas, diversas instituições de ensino do Estado oferecem opções de cursos gratuitos e pagos. No Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), por exemplo, as inscrições para o processo seletivo referente ao segundo semestre já estão abertas. São 1.156 vagas disponíveis. O Senac Vitória e o Senai ES também estão selecionando.

Chama um menino para ajudar​​​​​​​

 (Foto: Kadidja Fernandes/AT)
(Foto: Kadidja Fernandes/AT)

As adolescentes Ana Carolina Freitas, 17 anos, Dalila Bahiense, 17, Kamilly Fernandes, 16, Anna Giullya Wenceslau, 17, Larissa Rangel, 17, e Barbara Santo Cipriano, 17, alunas do curso de Mecânica do Senai Vitória, estão entre as mulheres que prezam cada vez mais pela vocação, independente da área de atuação.

“Meu pai é mecânico industrial, e cresci habituada a esse ambiente. Então, de certa forma, o interesse pela área surgiu cedo”, conta Barbara, que revela ainda que já sofreu preconceito por qualificar-se em uma área considerada “masculina”. “É comum alguém dizer: 'Isso é trabalho pesado. Chama um menino para ajudar'. Mas o fato de ser mulher nunca me impediu de fazer algo, nem atrapalhou meu desenvolvimento.”

Alguns cursos técnicos:

Ifes

Informática

  • O que ensina: instalação de sistemas operacionais, aplicativos e periféricos para desktop e servidores, desenvolvimento, e outros aspectos.
  • Média salarial: R$ 1.489.

Eletromecânica

  • O que ensina: planejamento, projeção, execução, inspeção e instalação de máquinas e equipamentos eletromecânicos, usinagem e soldagem de peças, entre outros.
  • Média salarial: R$ 2.100.

Ambos cursos são gratuitos. Inscrições até 6 de junho. Mais em: www.ifes.edu.br.

Senac Vitória

Segurança do trabalho

  • O que ensina: análise dos métodos e dos processos laborais, identificação de fatores de risco de acidentes do trabalho, doenças profissionais e de trabalho, entre outros.
  • Média Salarial: R$ 3.391.
  • Valor: 18x R$ 297.
  • Mais informações: www.es.senac.br/tecnicos

Senai

  • Desenvolvimento de sistemas
  • O que ensina: desenvolver e programar sistemas computacionais, atendendo a normas e padrão de qualidade, usabilidade, integridade e segurança da informação, entre outros.
  • Média salarial: R$ 4.294.
  • Valor: 18x de R$ 390.

Meio ambiente

  • O que ensina: executar análises físico-químicas e microbiológicas e o controle operacional de sistemas de tratamento de águas, efluentes, emissões atmosféricas e resíduos sólidos, e a recuperação de áreas degradadas, entre outros aspectos.
  • Média salarial: R$ 2.383.
  • Valor: 24x de R$ 320.

Mecânica

  • O que ensina: projetar e manter sistemas e instalações, desenvolver e selecionar ferramentas, além de controlar materiais, insumos e atividades de produção.
  • Média salarial: R$ 4.566.
  • Valor: 24x de R$ 390.

Fonte: Ifes, Senac , Senai e pesquisa AT.

“Mais competências e menos teorias”

Gisélia Freitas psicóloga, especialista em recursos humanos e diretora da Efetive

“A época atual mostra um mercado onde a escolha de profissões pelo gênero está cada vez mais distante. Ascende de forma significativa o posicionamento de mulheres em atividades e áreas que eram pouco exploradas por elas, muitas vezes pela rotulação social de profissões tidas como masculinas e femininas.

Essa mudança de paradigmas não é apenas social, mas é também abraçada pela pluralidade feminina, que buscam novos voos na carreira. Embora existam ainda alguns preconceitos, a aceitação dessas mulheres tem sido representativa.

O mercado hoje busca mais competências e menos teorias. A busca por talentos e de pessoas capazes de agregar valor ao trabalho não tem cara, nem tamanho e não tem gênero!”


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados