Notícias

Educação

Cursinhos de graça para o Enem têm mil vagas


Quem deseja se preparar para um vestibular ou para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já pode ter a chance de estudar em cursinhos populares preparatórios. Ao todo, são mil vagas na Grande Vitória, de aulas gratuitas ou com preços simbólicos.

Os projetos são destinados, principalmente, a estudantes de escolas públicas que moram em regiões carentes ou pessoas de baixa renda da Grande Vitória.

Um dos movimentos sociais que luta pela democratização da educação superior é a Rede de Cursinhos Populares Afirmação, contribuindo com a preparação de 850 jovens.

O cursinho, que neste ano está em sete núcleos na Grande Vitória, não cobra mensalidade, apenas uma taxa de matrícula no valor de R$ 15 para aquisição de material didático e pedagógico.

Lula Rocha coordena cursinho popular que oferece 850 vagas para jovens de bairros da Grande Vitória (Foto: Thiago Coutinho/ AT/ 11/03/19)
Lula Rocha coordena cursinho popular que oferece 850 vagas para jovens de bairros da Grande Vitória (Foto: Thiago Coutinho/ AT/ 11/03/19)
O pagamento deve ser efetuado no ato da confirmação de matrícula. “Os professores são voluntários e estão empenhados para contribuir com a jornada de preparação com muita dedicação”, disse Lula Rocha, coordenador da Rede Afirmação.

São atendidos alunos de comunidades em Cariacica, Vila Velha, Vitória, Viana e na Serra, com aulas todos os sábados à tarde, em escolas públicas parceiras.

“Levamos essa possibilidade de estudar sem pagar mensalidade. Temos material impresso, plataforma digital da rede Descomplica, que disponibiliza conteúdo e videoaulas para estudar durante a semana”, destacou o coordenador.

O Cursinho Popular Risoflora, de Maria Ortiz, Vitória, também trabalha de forma gratuita para ajudar estudantes que desejam ingressar em uma universidade.

As aulas são dadas por 34 professores voluntários e acontecem aos sábados. Ao todo, são 150 vagas, com critério para alunos de escolas públicas. Segundo o coordenador do cursinho e professor de Geografia, Gutemberg Gomes de Oliveira, o atendimento ao aluno é diferenciado.

“Nossas aulas acontecem todos os sábados, com café da manhã e almoço gratuito. Nosso diferencial é que não existe nenhuma taxa de matrícula. O que queremos é compromisso dos estudantes, que serão selecionados através de entrevistas”, ressaltou o coordenador.

Aulas a partir do próximo dia 23

Rede Afirmação
Locais: Neste ano, há sete núcleos da rede nos seguintes bairros: Itararé, em Vitória; Jardim Carapina, na Serra; Nova Bethânia, em Viana; Nova Rosa da Penha II, Rio Marinho e Santana, em Cariacica; e Santa Rita, em Vila Velha.

Valor: Não cobra mensalidade, apenas uma única taxa de matrícula, no valor de R$ 15, para aquisição de material didático e pedagógico.

Aulas: A partir do próximo dia 23. Vão acontecer todo sábado à tarde, das 13h30 às 18h.

Inscrições: Alunos, professores e pessoas que queiram ajudar na organização do projeto podem se inscrever preenchendo um formulário disponível na página do “Afirmação – Rede de Cursinhos Populares” no Facebook, até a próxima quinta-feira.

Vagas: São 850 vagas distribuídas entre os núcleos.

Critério de preenchimento de vagas: Por ordem de inscrição.

Cursinho Risoflora
Local: O cursinho funciona no bairro Maria Ortiz, em Vitória, na Escola Juscelino Kubitschek de Oliveira.

Valor: Totalmente gratuito. Os alunos que quiserem, podem levar doação de alimentos.

Aulas: Acontecerão todos os sábados, das 9h às 17h, com café da manhã e almoço totalmente gratuito.

Inscrições: Os alunos interessados devem procurar a página do cursinho no Facebook e realizar uma pré-matrícula até a próxima sexta-feira.

Vagas Disponíveis: Ao todo, são 150 vagas, com entrevista para selecionar os estudantes.

Fonte: Cursinhos consultados.