search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cubana processa a Opas por trabalho escravo
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Cubana processa a Opas por trabalho escravo

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que se presta ao papel de intermediar programas como o “Mais Médicos”, baseado na exploração da mão-de-obra de profissionais de medicina cubanos, é o principal alvo de um processo de indenização milionário por trabalho escravo da médica Ramona Matos. Ela fugiu da polícia política de Cuba, que vigiava os passos dos médicos cubanos no Brasil, e foi para os Estados Unidos. Ela processa a Opas na Justiça da Flórida.

Blindagem salvadora
A Opas não foi processada no Brasil porque a entidade tem imunidade diplomática, não importa o que faça. Nos EUA, não há essa blindagem.

O trabalho escravo
Cada médico custava R$ 10 mil ao mês, dos quais R$ 9 mil eram pagos à ditadura. Um ano depois, cada médico passou a receber R$ 3 mil.

Fazendo justiça
Bolsonaro acha justo o processo da médica cubana Ramona Matos contra a Opas. O ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) também.

Fundão será o mesmo, mas gasto está liberado
O aumento do valor do Fundão Sem Vergonha acabou virando moeda de troca entre o Planalto e o Congresso. O presidente Jair Bolsonaro vetou a alteração do valor e os parlamentares deixaram de analisar os vetos para o resto da lei valer nas eleições 2020. Em contrapartida, não houve restrição para usar o dinheiro como bem entenderem, como para comprar imóveis, carros, aviões e gastos ilimitados com advogado.

Princípio da anualidade
Para valer nas eleições seguintes, qualquer nova legislação precisa entrar em vigor no mínimo um ano antes da votação em 1º turno.

Menos mal
O valor do fundão, que poderia chegar a R$ 3,7 bilhões, ficou limitado aos gastos de 2018, corrigidos pela inflação: cerca de R$ 1,8 bilhão.

Apenas um capítulo
Na prática, as novas regras se somam a duas décadas de mudanças promovidas por políticos para torrar mais dinheiro público sem controle.

Pura fantasia
Velhos amigos de Rodrigo Janot não acreditam que ele entrou mesmo armado no STF, tampouco pretendeu matar o ministro Gilmar Mendes. Falam bem da honestidade pessoal de Janot, mas afirmam que ele é dado a acreditar em fatos que foram apenas produtos da imaginação.

Está ficando estranho
Após procurador de Minas reclamar da “merreca” de R$ 24 mil líquidos, Janot falar em matar ministro e outro tentar matar uma juíza, boa ideia é o PGR Augusto Aras investir em exames psicológicos na turma.

Cadeia nele, ministro
Durante evento em São Paulo, ontem, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que é “caso de camisa de força” o procurador que tentou matar uma juíza a facadas, no TRF-3. O ministro deveria saber que o caso é outro: de cadeia.

Passos de tartaruga
Levou nove meses, mas o secretário-geral da Mesa do Senado, Luiz Fernando Bandeira, finalmente conseguiu levar o termo de posse do presidente Jair Bolsonaro para ser incluído no Arquivo Nacional.

Colcha de retalhos, 31
Em 5 de outubro de 1988 foi promulgada a Constituição do Brasil, após os Anos de Chumbo e o governo José Sarney. Apelidada de “Constituição Cidadã”, em apenas 31 anos já sofreu 102 emendas.

Marun dispara
Já na cidade para a convenção do MDB amanhã, o ex-ministro Carlos Marun foi reconhecido em um shopping de Brasília, com direito a selfies. A quem perguntou sobre o caso Rodrigo Janot, ele lembrou que no ano passado recomendou a prisão do ex-PGR.

Blog do Tamanini
O jornalista Irineu Tamanini finalmente criou seu blog pessoal onde conta histórias que marcam sua vitoriosa trajetória. São relatos saborosos, à medida dos profissionais da notícia, novos ou veteranos.

Pensando bem...
...a semana foi tão tranquila para o governo que já virou motivo de preocupação.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

F-1 procura Ibaneis para realizar GP em Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), vai se reunir hoje ao meio-dia com dirigentes da empresa norte-americana Liberty Media, que detém direitos da Fórmula 1, para tratar da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Se há prova de crime, “ataque à imprensa” é falácia

A Constituição assegura o direito de o jornalista preservar a fonte, e não é crime publicar denúncia baseada em documentos ou gravações levados ao repórter. Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Regina Duarte topa, mas pensa na rebordosa

A atriz Regina Duarte quer mesmo a Secretaria Especial de Cultura. Nem faz questão do status de ministério, apesar de considerar isso positivo. Faz questão é de estrutura e recursos, para uma gestão …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Petrobras tem gastos bilionários em patrocínios

A Petrobras distribuiu mais de R$ 1,77 bilhão em generosos patrocínios na última década. A maior parte, R$ 1,05 bilhão, foi entregue em apenas dois anos: 2013, início oficial da crise política e dos …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aneel prefere queimar milhões de litros de diesel

Enquanto tramava a asfixia da energia solar, tentando taxar em 64% os que investiram em geração distribuída, a agência reguladora de energia Aneel trata como se fossem irrelevantes os 1,3 milhão de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Se não copiou, é pior: Alvim pensa como Goebbels

Ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim tornou ainda pior sua situação ao alegar que foi apenas “uma coincidência” a frase usada no patético discurso cujo autor original era ninguém menos que Joseph …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Adiando lei, STF assume “tutela” sobre os poderes

Ao adiar a vigência da lei do juiz de garantias, o Supremo Tribunal Federal (STF) assume sua “tutela” sobre o Executivo e o Legislativo, cujas decisões só são válidas após uma “segunda sanção” da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Taxar o sol” fere compromisso assumido em Paris

O lobby das distribuidoras de energia plantou na Aneel a ideia de taxar quem investiu na geração da própria energia, principalmente solar, mas as consequências poderiam ser gravíssimas se o president…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Petrobras de Bolsonaro corta 90% da propaganda

Um dos maiores anunciantes do Brasil, sob comando do governo federal, a estatal Petrobras cortou drasticamente a verba publicitária no primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro. Corte chegou a 90%. …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Maia “esquece” acordo e já articula sua sucessão

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já esqueceu o acordo que fez há um ano no apartamento paulistano do presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), para apoiar o deputado Arthur Lira à …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados