search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Convocação esquenta clima na Câmara
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Convocação esquenta clima na Câmara

Foi tenso o embate entre o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO) e o Centrão, segundo relatos, por conta da convocação do ministro da Educação.

Em certo momento, Waldir disse a deputados que Abraham Weintraub dará uma "aula" no plenário. Um membro do Centrão rebateu: "Que bom, porque eu sou burro". O líder do PSL, então, provocou: "Vem ensinar porque é professor, se fosse delegado, como eu, viria para prender".

A sugestão de que há ladrões na Casa esquentou o clima e ajudou na derrota acachapante do governo. 

Passou. Quando percebeu o erro cometido, o PSL tentou corrigir os rumos e orientou a votação contra a convocação de Weintraub em plenário. Já era tarde.

Deslocado. Major Vitor Hugo (PSL-GO) só usou a tribuna às 19h55. Disse que a convocação do ministro seria uma "excelente oportunidade" para Weintraub.

Distância. A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), que nunca escondeu o incômodo com a atuação de Vitor Hugo, sondou um deputado do Centrão para substituir o líder na Câmara. Ficou sem resposta.

Uma volta atrás. Onyx Lorenzoni só procurou Marcos Pereira (PRB-SP), presidente interino da Câmara, para tratar da convocação quando o assunto já havia sido pautado pelo Colégio de Líderes da Casa. 

Perdas e danos. Onyx prometeu ir à Câmara conversar com Marcos Pereira. 

Pedra no caminho. Pesquisa do instituto Ideia Big Data mostra que, para os deputados federais, a falta de diálogo e de entendimento entre o Legislativo e o Executivo é hoje o principal obstáculo para a aprovação da reforma da Previdência.

Calouros e... Segundo a pesquisa, a maior resistência à reforma da Previdência na Câmara parte dos deputados federais veteranos. Entre os novatos, 68% afirmam ser favoráveis às mudanças na seguridade.

...veteranos. Entre os que possuem experiência no cargo, 47% defendem a reforma. No geral, 57% dos deputados federais ouvidos apoiam as mudanças na Previdência (42% são contra).

Lá vem… Um acordo de líderes no Senado deverá trocar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) o relator do projeto que analisará o recente decreto de Bolsonaro sobre o uso e porte de armas. Deixa o posto Marcos do Val (Cidadania-ES) e entra Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), considerado refratário ao teor do texto.

…chumbo. A articulação para dar urgência ao projeto ocorreu com o aval do presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que esta em Nova York. Com isso, o Senado também indica que enxerga inconstitucionalidade no decreto.

Contra o… Bolsonaro se comprometeu com o ministro Osmar Terra a vetar seis pontos polêmicos do projeto que altera a política de drogas, que o Senado queria tirar. Um deles é a cota de 1% para ex-dependentes em empresas de serviços.

...relógio. O objetivo é sancionar o projeto antes de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar se o porte de drogas para uso próprio é crime. Com o compromisso do veto, o governo evita que a proposta seja enviada de volta à Câmara.

Pronto, falei!

"Será que a Câmara é tão grande que não possamos sentar, conversar e se entender?"

Deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP), sobre disputa entre Alexandre Frota e Eduardo Bolsonaro pelo PSL-SP

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Câmara propõe novo trânsito em julgado

Em linhas gerais, a ideia da cúpula da comissão especial da Câmara instalada semana passada para analisar a PEC da segunda instância é: se a nova lei valerá para prender, valerá também para cobrar. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Tucanos: direita liberal, ecológica e democrática

O texto do PSDB a ser apresentado neste sábado (7) no congresso do partido em Brasília indicará alinhamento ao governo na economia, mas a palmos de distância do “bolsonarismo raiz” em questões de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Em revés de Moro, Lava a Jato pode ser afetada

O saldo da primeira batalha do pacote de Sergio Moro no Congresso, segundo parlamentares, juristas e integrantes do governo, é desfavorável ao ex-juiz. Além de quebrar o eixo do projeto do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Depoimento de Joice anima cúpula de CPMI

Bem peneirado pela turma da CPMI das Fake News, o depoimento de Joice Hasselmann recolocou os trabalhos do colegiado na direção do objetivo sonhado pela “cúpula ampliada” do Congresso: descobrir quem …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Vento favorável à pauta de Moro perde força

O tempo joga contra Sergio Moro e sua agenda no Congresso, avaliam integrantes do governo e da oposição. Segundo eles, em conversa com a Coluna, os próximos dias serão decisivos para o futuro do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto espera viés de alta nas pesquisas

O Palácio do Planalto acredita que a recente e sensível melhora em indicadores econômicos do País será refletida na avaliação do governo Jair Bolsonaro neste fim de primeiro ano de mandato. O …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pacote deve manter gravação de advogados

Após apelo de Sergio Moro, a última versão do relatório do pacote anticrime na Câmara deve referendar as gravações de conversas entre os advogados e seus clientes presos, mediante autorização …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Riscos para a segunda instância no Congresso

Apesar da queda de braço entre Câmara e Senado pelo protagonismo na discussão sobre a prisão em segunda instância, parlamentares avaliam nos bastidores que nas duas Casas há forte grupo interessado …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Tribunal banca Moro e empareda o Supremo

A decisão do TRF-4 no caso do “sítio de Atibaia” está carregada de simbolismos, a começar pela pena atribuída a Lula: 17 anos, número usado por Jair Bolsonaro na campanha. O mais importante …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Advertência “quebra a casca” de Dallagnol

O final da primeira temporada da saga de Deltan Dallagnol no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) foi daqueles para deixar a audiência ligada e apreensiva com o que vem pela frente. Se, à …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados