search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Considerações sobre a Lava a Jato
Tribuna Livre

Considerações sobre a Lava a Jato

Ultimamente temos presenciado um Brasil marcado por uma radical polarização. As duas últimas eleições presidenciais serviram para acirrar ainda mais a divisão do país, deixando clara a existência de dois blocos antagônicos. Tudo o que é bom para um lado é péssimo para o outro, e vice-versa.

As redes sociais têm sido o alto falante desse imenso Fla x Flu ideológico. Absolutamente todos os assuntos viram cabo de guerra, desde as necessárias reformas pelas quais o Brasil precisa passar, até o mais insignificante ato administrativo praticado por qualquer um dos poderes tem virado uma batalha homérica, onde cada um dos lados tenta a todo custo fazer valer seus argumentos.

A Lava Jato não ficou fora desse embate. Pelo contrário, acabou sendo um dos principais divisores de água da polarização. Em muitas discussões que vemos por aí é comum nos depararmos com afirmações do tipo “ele é contra a Lava Jato”, ou “quem é contra a Lava Jato é contra o Brasil” ou, ainda, afirmações demonizando a Operação Lava Jato. A maior operação de combate à corrupção de todos os tempos criou vida! Se personificou e hoje desperta paixão ou ódio em muitos brasileiros. A pergunta que deve ser feita, neste contexto, é: há razão para isso?

Minha visão (que, certamente, também receberá muitas críticas de pelo menos um dos lados citados) é que não há! Não há razão para personificar a Operação Lava Jato, que se trata de um dos maiores e mais complexos trabalhos no campo da investigação policial e dos processos judiciais criminais do planeta.

Como um trabalho ou uma grande obra que é, a Lava a Jato não tem vida, não tem lado, não tem ideologia. Muito embora seja um trabalho realizado por pessoas (que, obviamente, são passíveis de erros), a Lava Jato, em si, não pode nem deve ser personificada. Podemos afirmar, aliás, que esse grande trabalho investigativo/judicial é o principal marco na história do combate à corrupção em nosso país.

Mesmo os mais céticos e críticos não têm como negar os resultados objetivos dessa investigação, que apurou o desvio de cerca de 6 bilhões de reais da Petrobrás.

Os números (aproximados) são astronômicos! São 2.252 anos de condenação, para 159 réus de praticamente todos os partidos e/ou linhas ideológicas do país. Cerca de 183 acordos de colaboração premiada já foram firmados, aproximadamente 800 pedidos de cooperação jurídica internacional já foram enviados ou recebidos de mais de 80 países.

Até agora são cerca de 612 milhões de dólares bloqueados no exterior e outros 166 milhões de dólares já repatriados, ou seja, devolvidos aos cofres públicos brasileiros. Enfim, são resultados que não podem ser negados.

Como se não bastassem os resultados apresentados, a Lava a Jato ainda foi responsável por contribuir de forma decisiva para a mudança da cultura investigativa no Brasil. Além disso, a visão de nossas instituições, no exterior, está mais fortalecida. Polícia Federal, Ministério Público e Judiciário são, efetivamente, vistos com a independência que de fato possuem, pela comunidade internacional.

Bem, os fatos são inúmeros e incontestes. Não me atrevo, todavia, a tentar convencer quem quer que seja. Recentemente, aliás, uma pesquisa do Datafolha revelou: 26% dos brasileiros não acreditam que o homem foi à Lua!

Eugênio Ricas é delegado da Polícia Federal, adido da PF nos EUA, mestre em Gestão Pública.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem tem medo de robô

Em recente entrevista, o presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, apresentou previsão de que “em cinco anos este mercado não vai conseguir absorver todo mundo”. A matéria citou, ainda, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Acreditar é preciso

Foi em um domingo pela manhã quando folheando as páginas do jornal, senti meu coração se enchendo de tristeza com tantas manchetes de violência, atentados e agressões de todas as formas. E lendo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A competência tem limite

A convivência entre os poderes constituídos tem se tornado cada vez mais tormentosa, havendo constante invasão de um pelo outro, normalmente no que se refere as esferas de prerrogativas de poder …


Exclusivo
Tribuna Livre

A chegada do verão e as lesões dos atletas de fim de ano

Vem chegando o verão... E, na estação mais badalada do ano, muita gente é obrigada a dar uma pausa na programação para “ficar de molho”. Isso mesmo! É comum aumentar a ocorrência de lesões nessa …


Exclusivo
Tribuna Livre

O golpe do WhatsApp e o roubo da conta no aplicativo

Os criminosos estão cada vez mais criativos acompanhando a mudança da sociedade e a evolução da tecnologia, de modo que a cada dia surgem novos golpes para tentar ludibriar os cidadãos e obter …


Exclusivo
Tribuna Livre

Insegurança suprema

Nos últimos 10 anos o STF debateu e mudou seu entendimento acerca da prisão após o julgamento em segundo grau ao menos cinco vezes. Na última quinta-feira, mudou novamente! A partir de agora, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Os 30 anos da derrubada do Muro de Berlim

Amanhã completar-se-ão 30 anos da queda do maior símbolo da "cortina de ferro" que se abatera sobre a Europa logo após a Segunda Guerra Mundial, o Muro de Berlim. A Guerra Fria chegava ao fim, e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Uma nova maneira de pensar a economia

Muito se fala em novas economias e formas de empreender. De fato, o momento em que vivemos a todo o instante passa por mudanças e exige que nós acompanhemos essa oscilação. Adaptar-se e trazer novas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Avaliação internacional nas escolas

As avaliações em larga escala são, hoje, um importante recurso disponível para aprofundar as reflexões acerca da qualidade da educação. A busca pelo ensino de qualidade é causa universal, que convoca …


Exclusivo
Tribuna Livre

A Ufes e a consulta democrática para a reitoria

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) desencadeou o processo de consulta informal sobre os novos dirigentes que assumirão a reitoria da instituição a partir de 2020. Por ser uma …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados