Confusão no cinema: quem está errado?

Está errada a primeira pessoa que sentou no lugar dos outros. Isso é falta de educação, é falta de civilidade, é coisa de quem não sabe viver em sociedade.

Quem encontra alguém sentado no seu lugar deve fazer valer o  direito do consumidor e não passar o problema para frente, também sentando no lugar dos outros.

E que os funcionários dos cinemas estejam prontos a defender quem pagou por seu lugar marcado.

Bom, daí em diante (agressões, socos, xingamentos, pipoca pra lá, pipoca pra cá...)  é com o delegado. Que tem uma baita chance, ao chamar a turma toda, de marcar bem claramente o que diz a boa educação.

Memória: muita gente hoje não sabe como era ir aos cinemas antigamente. Até a virada do século, antes da chegada das redes de cinema tipo "stadium" ao Estado, comprava-se o ingresso sem lugar marcado, e na entrada do filme era um "salve-se quem puder" para pegar as melhores posições. Era uma correria, casais se desgarrando, gente colocando bolsas para marcar lugar, gente reclamando...

Não vamos voltar à barbárie, não é? Respeite o lugar numerado. E pronto.

Não sabe do que se trata? Confira:

https://tribunaonline.com.br/discussao-sobre-cadeira-numerada-no-cinema-termina-em-agressao-em-vitoria