search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Competindo com eficiência
Tribuna Livre

Competindo com eficiência

O Espírito Santo é o maior produtor mundial de pelotas de minério de ferro e o terceiro maior produtor de aço do Brasil, sendo que, juntos, os dois setores representam mais de 20% do PIB estadual, gerando mais de 20 mil empregos diretos e indiretos.

As empresas Vale e ArcelorMittal Tubarão, responsáveis por essas produções, são referência no mercado mundial, em função da qualidade dos produtos, produtividade e prazos, exportando para os diferentes continentes e também atendendo ao mercado interno.

Visando manter a competitividade, num ambiente de negócios exigente e inovador, essas empresas têm investido em conhecimento, tecnologia, pessoas e equipamentos, atendendo clientes de diversos setores, como o automobilístico, naval, metalmecânico, equipamentos, eletrodomésticos, eletrônicos, entre outros.

No período de 2019 a 2023, Vale e ArcelorMittal investirão mais de R$ 6 bilhões. Esses investimentos incluem equipamentos novos, melhorias operacionais e instalações ambientais para atendimento aos Termos de Compromisso Ambiental assinados por ambas com o governo estadual, Ministério Público Estadual e Federal e Iema (Instituto Estadual de Meio Ambiente).

Dentro desse contexto, a indústria de base do Estado, constituída por empresas de fabricação de equipamentos, estruturas metálicas, caldeiraria, usinagem, construção civil, engenharia e gerenciamento de projetos, logística e afins, associados ao Sindifer, Sinduscon, Sindicopes e Cdmec, estão atuando para participarem ativamente dos investimentos previstos pela Vale e ArcelorMittal Tubarão, tendo como meta de conteúdo local 61%.

Ou seja, as empresas do Estado deverão fornecer cerca de R$ 3,7 bilhões em bens e serviços, gerando aproximadamente 4 mil empregos.

As empresas locais, com base nas parcerias realizadas com detentores de tecnologias e nas oportunidades dadas pelos investidores, contribuíram efetivamente para a melhoria da competitividade das grandes empresas instaladas no Estado, constituindo uma cadeia de abastecimento reconhecida no País.

Esses fornecedores trabalham em todo território nacional, tendo mais de 60% de seus faturamentos fora do Estado.

Essa evolução foi possível devido ao trabalho realizado pelas entidades de classe, instituições de ensino e os programas PDF e Prodfor, liderados pela Findes, que abriram mercado e capacitaram e certificaram os fornecedores, além de eventos como a MecShow e Expoconstruções, que ocorrem todos anos e incentivam a troca de informações e conhecimentos de novas tecnologias e equipamentos.

Deve-se ressaltar que a participação local nesses empreendimentos vai permitir a absorção de tecnologias, destacando, na ArcelorMittal Tubarão, a nova coqueria e unidade de dessanilização, primeira a ser implantada numa unidade industrial no Brasil.

Na Vale, teremos a utilização de materiais especiais e soluções inovadoras para cobrir as correias transportadoras e pátios.

Esses projetos, também, impactaram diversos setores da economia, como transporte, hotelaria, uniforme, móveis e materiais de construção.

O jogo não está ganho. É de fundamental importância ser participativo, dinâmico, inovador e competitivo, para que se consolidem parcerias duradouras e benéficas para todas as partes envolvidas. 

Luiz Felipe Ferreira Vassalo é executivo da Câmara Setorial da Indústria de Base e Construção da Findes.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

O crime compensa?

A análise sobre o crime passa por vários pontos e o tema proposto me veio à mente durante uma conversa com um policial muito experiente, aliás um policial das antigas, da época do bigode grosso e do …


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem tem medo de robô

Em recente entrevista, o presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, apresentou previsão de que “em cinco anos este mercado não vai conseguir absorver todo mundo”. A matéria citou, ainda, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Acreditar é preciso

Foi em um domingo pela manhã quando folheando as páginas do jornal, senti meu coração se enchendo de tristeza com tantas manchetes de violência, atentados e agressões de todas as formas. E lendo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A competência tem limite

A convivência entre os poderes constituídos tem se tornado cada vez mais tormentosa, havendo constante invasão de um pelo outro, normalmente no que se refere as esferas de prerrogativas de poder …


Exclusivo
Tribuna Livre

A chegada do verão e as lesões dos atletas de fim de ano

Vem chegando o verão... E, na estação mais badalada do ano, muita gente é obrigada a dar uma pausa na programação para “ficar de molho”. Isso mesmo! É comum aumentar a ocorrência de lesões nessa …


Exclusivo
Tribuna Livre

O golpe do WhatsApp e o roubo da conta no aplicativo

Os criminosos estão cada vez mais criativos acompanhando a mudança da sociedade e a evolução da tecnologia, de modo que a cada dia surgem novos golpes para tentar ludibriar os cidadãos e obter …


Exclusivo
Tribuna Livre

Insegurança suprema

Nos últimos 10 anos o STF debateu e mudou seu entendimento acerca da prisão após o julgamento em segundo grau ao menos cinco vezes. Na última quinta-feira, mudou novamente! A partir de agora, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Os 30 anos da derrubada do Muro de Berlim

Amanhã completar-se-ão 30 anos da queda do maior símbolo da "cortina de ferro" que se abatera sobre a Europa logo após a Segunda Guerra Mundial, o Muro de Berlim. A Guerra Fria chegava ao fim, e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Uma nova maneira de pensar a economia

Muito se fala em novas economias e formas de empreender. De fato, o momento em que vivemos a todo o instante passa por mudanças e exige que nós acompanhemos essa oscilação. Adaptar-se e trazer novas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Avaliação internacional nas escolas

As avaliações em larga escala são, hoje, um importante recurso disponível para aprofundar as reflexões acerca da qualidade da educação. A busca pelo ensino de qualidade é causa universal, que convoca …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados