search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Competindo com eficiência
Tribuna Livre

Competindo com eficiência

O Espírito Santo é o maior produtor mundial de pelotas de minério de ferro e o terceiro maior produtor de aço do Brasil, sendo que, juntos, os dois setores representam mais de 20% do PIB estadual, gerando mais de 20 mil empregos diretos e indiretos.

As empresas Vale e ArcelorMittal Tubarão, responsáveis por essas produções, são referência no mercado mundial, em função da qualidade dos produtos, produtividade e prazos, exportando para os diferentes continentes e também atendendo ao mercado interno.

Visando manter a competitividade, num ambiente de negócios exigente e inovador, essas empresas têm investido em conhecimento, tecnologia, pessoas e equipamentos, atendendo clientes de diversos setores, como o automobilístico, naval, metalmecânico, equipamentos, eletrodomésticos, eletrônicos, entre outros.

No período de 2019 a 2023, Vale e ArcelorMittal investirão mais de R$ 6 bilhões. Esses investimentos incluem equipamentos novos, melhorias operacionais e instalações ambientais para atendimento aos Termos de Compromisso Ambiental assinados por ambas com o governo estadual, Ministério Público Estadual e Federal e Iema (Instituto Estadual de Meio Ambiente).

Dentro desse contexto, a indústria de base do Estado, constituída por empresas de fabricação de equipamentos, estruturas metálicas, caldeiraria, usinagem, construção civil, engenharia e gerenciamento de projetos, logística e afins, associados ao Sindifer, Sinduscon, Sindicopes e Cdmec, estão atuando para participarem ativamente dos investimentos previstos pela Vale e ArcelorMittal Tubarão, tendo como meta de conteúdo local 61%.

Ou seja, as empresas do Estado deverão fornecer cerca de R$ 3,7 bilhões em bens e serviços, gerando aproximadamente 4 mil empregos.

As empresas locais, com base nas parcerias realizadas com detentores de tecnologias e nas oportunidades dadas pelos investidores, contribuíram efetivamente para a melhoria da competitividade das grandes empresas instaladas no Estado, constituindo uma cadeia de abastecimento reconhecida no País.

Esses fornecedores trabalham em todo território nacional, tendo mais de 60% de seus faturamentos fora do Estado.

Essa evolução foi possível devido ao trabalho realizado pelas entidades de classe, instituições de ensino e os programas PDF e Prodfor, liderados pela Findes, que abriram mercado e capacitaram e certificaram os fornecedores, além de eventos como a MecShow e Expoconstruções, que ocorrem todos anos e incentivam a troca de informações e conhecimentos de novas tecnologias e equipamentos.

Deve-se ressaltar que a participação local nesses empreendimentos vai permitir a absorção de tecnologias, destacando, na ArcelorMittal Tubarão, a nova coqueria e unidade de dessanilização, primeira a ser implantada numa unidade industrial no Brasil.

Na Vale, teremos a utilização de materiais especiais e soluções inovadoras para cobrir as correias transportadoras e pátios.

Esses projetos, também, impactaram diversos setores da economia, como transporte, hotelaria, uniforme, móveis e materiais de construção.

O jogo não está ganho. É de fundamental importância ser participativo, dinâmico, inovador e competitivo, para que se consolidem parcerias duradouras e benéficas para todas as partes envolvidas. 

Luiz Felipe Ferreira Vassalo é executivo da Câmara Setorial da Indústria de Base e Construção da Findes.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

O custo socioeconômico da “imobilidade” urbana no Brasil

Um estudo realizado pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) mostra que o custo socioeconômico da “imobilidade” urbana no Brasil cresceu 7% em um ano e se aproxima de meio trilhão de …


Exclusivo
Tribuna Livre

A engenharia muda o mundo e está em tudo o que nos cerca

Com o ritmo acelerado da vida contemporânea, quase nunca nos sobra tempo para refletir sobre o mundo a nossa volta. Mas, se pararmos para pensar, concluímos que a engenharia está em tudo o que nos …


Exclusivo
Tribuna Livre

Ineditismo e vanguarda: o Marco Regulatório das Startups

Foi publicada, no último dia 26 de novembro, a Lei Complementar Estadual nº 929/2019, de iniciativa do Governador do Estado, que institui instrumentos e procedimentos para o fomento às parcerias …


Exclusivo
Tribuna Livre

Sábio é quem aprende com a experiência alheia

Na semana passada, tivemos por aqui, nos Estados Unidos, a celebração do famoso feriado de Thanksgiving (Dia de Ação de Graças, destinado a agradecer a Deus os bons acontecimentos do ano). Aproveitam…


Exclusivo
Cidades Tribuna Livre

É preciso priorizar a mobilidade das pessoas e não dos veículos

Todos querem viver numa cidade que ofereça uma boa qualidade de vida. Para tanto, faz-se necessário compreendermos a “mobilidade peatonal”, reconhecendo os pedestres nos planejamentos estratégicos …


Exclusivo
Tribuna Livre

Por que o Tribunal de Contas deu certo

O Tribunal de Contas do Espírito Santo completou 62 anos de existência em 2019. Por desairosa que seja, a verdade é que, ao longo do tempo, consumiu imensos recursos públicos em ajustes políticos que …


Exclusivo
Tribuna Livre

Os jogos precisam ser legalizados no Brasil

O ano era 1946. No dia 30 de abril, foi publicado o Decreto Lei 9215 que proibiu os (erroneamente) denominados jogos de azar. Os fundamentos da proibição? Que a repressão aos jogos de azar é um …


Exclusivo
Tribuna Livre

O ônus do Judiciário e o Legislativo que joga para a plateia

Não é a primeira vez, e certamente não será a última, que vivenciamos certas articulações, no núcleo do poder, com o objetivo, simplesmente, de tentar limpar imagens manchadas e acalmar os ânimos da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Comer bem para viver bem

Mesmo antes das muitas descobertas científicas que revolucionaram o entendimento sobre o funcionamento do corpo humano; a correlação entre alimentação, atividades físicas e condições de saúde já era …


Tribuna Livre

Raízes capixabas de Ayrton Senna

Ayrton Senna da Silva marcou nossas manhãs de domingo e fazia-nos sentir mais brasileiros, numa época de muito descrédito com o país, por sua ousadia, destreza e espírito de campeão. Tornou-se ídolo …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados