Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Como se livrar das dívidas? Não é tarefa fácil, mas há luz no túnel
Tribuna Livre

Como se livrar das dívidas? Não é tarefa fácil, mas há luz no túnel

Estamos em março e as famílias sentem no bolso o peso das contas, como material escolar, rematrícula, IPVA, IPTU, Imposto de Renda e por aí vai. Quem dirá, para quem já carrega os débitos antigos.

Assim, como eliminar gastos se mal conseguimos pagar nossas contas e ainda acumuladas com as de anos anteriores? Como é possível quitar nossas dívidas? A tarefa não é das mais fáceis e rápidas de resolver, mas sempre há uma luz no final do túnel.

Infelizmente, o número de pessoas com as contas no vermelho cresce a cada dia. Em 2018, um total de 62,6 milhões de pessoas fecharam o ano com o CPF negativado, o que equivale a 40% da população adulta brasileira, de acordo com os dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

E não é para menos ver este cenário com tanta gente endividada, já que vivemos na chamada Sociedade de Consumo, a sociedade pós-moderna nossa, de cada dia.

O sociólogo Bauman explica o “consumo, logo existo”: somos analisados e “consumidos” pelas aparências que temos diante de todos.

Assim, precisamos estar sempre investindo em nós mesmos, consumindo, para ampliar este “valor” em nossa sociedade e a demanda sobre nós mesmos.

Para tentar encontrar soluções, primeiramente, é preciso não se abater, não cair na falta de entusiasmo ou até a depressão.

Assim, na tentativa de contribuir para lidar com situações em que dívidas estão atormentando, enumero algumas orientações.

Lembrando que, em alguns casos, vale a pena procurar ajuda dos profissionais do Procon, de um consultor ou participar de algum curso ou workshop de Educação Financeira.

Primeira dica: anote tudo! Sim, tudo, desde o que você pretende comprar até o quanto e o que você já comprou.

Depois, crie metas. É preciso criar uma meta de quanto irá poupar por mês e quanto irá gastar.

A seguir, pesquise antes de comprar. Existem aplicativos que fazem comparação de preço entre produtos.

O ideal também é deixar o cartão de lado. É preciso banir as compras parceladas, elas são um dos maiores vilões para os endividados. Além do mais, muitos produtos têm desconto se pagos à vista.

Controle-se. Elimine os desperdícios e os supérfluos, como, por exemplo, sair para comer fora, TV a cabo, viagens... Lembre-se que no final vai valer a pena.

Também não faça mais empréstimos. Ao contrário do que muitos pensam, o empréstimo não salva, ele te ajuda a afundar mais, pois a partir de um certo tempo você tem que devolver esse dinheiro, que por sua vez contém juros.

Por fim, renegocie a sua dívida. Tente juntar a maior quantia de dinheiro possível. Caso os juros e o valor da dívida sejam muito altos, converse com o seu gerente para tentar renegociar esse valor e os juros.

Enfim, o segredo não é ganhar mais dinheiro como todos podem pensar, mas, sim, desenvolver a Educação Financeira, é aprender a administrar melhor o que recebe, adequando comportamentos, hábitos e atitudes, em relação aos recursos financeiros.

Temos uma falsa ilusão de que, se nossa remuneração fosse maior, resolveria tudo, mas não é verdade. Nosso rendimento pode aumentar, mas as dívidas irão persistir.

Assim, certamente, teremos mais chances de seguir e uma vida tranquila alcançando nossos objetivos e conquistando nossos sonhos.

Paulo Costa é palestrante e coach financeiro
 


últimas dessa coluna


Exclusivo

Quem tem medo da educação a distância?

A educação a distância é diretriz e integra a base da educação brasileira como uma modalidade reconhecida. Em 2005, um decreto apresentou parâmetros de qualidade e de segurança para um meio acadêmico …


Exclusivo

Vila Velha, capital histórica do Espírito Santo

Há 484 anos, a história começa a ser escrita nesta parte do Brasil. Primeiro por portugueses, depois, também, por índios, africanos, espanhóis e viajantes estrangeiros. Mais tarde chegaram, para …


Exclusivo

Netflix versus cinema. Vocês ainda não viram nada

Nova Iorque, 6 de outubro de 1927, Picadilly Theatre. Na tela, diante de um público que desconhecia o que lhe aguardava, o ator branco Al Jolson, pintado com tinta preta, interpreta um cantor de jazz …


Exclusivo

Teletrabalho e a possibilidade legal da empresa reduzir custos

O teletrabalho é previsto no Capítulo II-A da CLT, porém, empresários e trabalhadores ainda têm dúvidas sobre essa modalidade contratual, também chamada de home office. O teletrabalho nada mais …


Exclusivo

Violar prerrogativas é amedrontar a sociedade

O advogado mineiro Sobral Pinto foi definitivo: “A advocacia não é uma profissão de covardes”. E não é mesmo. Enfrentar o Leviatã cada vez mais inchado e poderoso, somadas às angústias dos condenados…


Assistentes sociais no combate ao racismo

Vivemos uma conjuntura marcada pela intensificação da retirada de direitos sociais e de mudanças drásticas na direção das políticas públicas. São mudanças defendidas a partir de um discurso que visa …


Primeira estrada do Estado completa um século

Ao transitar pelas inúmeras estradas de rodagem que interligam os mais remotos rincões do nosso Estado, pouca ou nenhuma memória nos vem à tona para nos remeter a um passado relativamente recente, de …


Agricultura e economia nacional: passos para o desenvolvimento

Atualmente, o Brasil ocupa lugar de destaque como exportador de vários produtos agrícolas, razão pela qual se afigura como um dos principais atores na redefinição da ordem mundial do comércio …


A importância dos conselhos de fiscalização profissional

Em tempos de discussão acerca da manutenção dos conselhos de fiscalização das atividades profissionais e até mesmo a dúvida que permeia a sociedade quanto à necessidade da existência de tais …


A onda do naturismo cristão

Está chegando ao Brasil mais uma onda norte-americana do campo religioso. Criada em 1984, na cidade de Ivor, Pensilvânia, a Igreja White Tail se destaca por ser uma comunidade nudista. O …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados