search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Como pedir retorno da entrevista de emprego?
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


Como pedir retorno da entrevista de emprego?

O pior já passou: você foi chamado para uma entrevista naquela empresa para onde mandou seu currículo. Parecia superdistante a possibilidade, mas não é que, de repente, chegou o aviso, o dia da entrevista?

Você até acha que foi superbem na entrevista e tem (quase) certeza de que conseguiu o emprego.

Porém, não teve mais noticias e a ansiedade está te matando. E agora? Peço um feedback ou aguardo?

Pedir feedback de uma entrevista de emprego é fundamental e contribui para a evolução profissional do candidato. Entretanto, nem todos têm facilidade em solicitar tal retorno.

Recrutadores são pessoas ocupadas e, muitas vezes, não conseguem dar esse retorno! Lembre-se que cada candidato ainda é uma pessoa a quem eles não conhecem muito bem. 

Assim, muitas vezes, eles evitam até o último momento comunicar sua decisão – e nem sempre o fazem...

Vale a Pena? – Antes de gastar energia tentando tomar cragem para pedir o seu feedback, faça estas perguntas: realmente quero o trabalho? Sou um candidato preparado para tal função? Eu me saí tão bem quanto imagino?

Se respondeu sim para todas, vá em frente, afinal, é importante saber se há diferença entre as suas percepções e a do recrutador – e, até mesmo, o que foi que aconteceu, caso não tenha conseguido a vaga.

Como pedir feedback – Empregadores ocupados estarão muito mais propensos a investir tempo conversando com você se você parecer agradecido e aberto a ouvir.

Então, começar agradecendo a oportunidade ajuda bastante. Diga também, educadamente, que está desapontado por não ter conseguido, mas que gostaria de saber o motivo.

Não é vergonha nenhuma, e no mínimo, mostra interesse em sua carreira e no que foi falado, etc.

Manipulando o feedback – Ouça mais do que fale e evite ser crítico ou defensivo, mesmo que discordem de suas opiniões. 

Simon Lucas, da firma de Headhunter Society, uma das muitas que procura para contratar os melhores profissionais do mercado em área executivas, explica:

“Por mais que os recrutadores possam querer dar a você um feedback irrestrito, eles, frequentemente, ficarão nervosos em expor críticas ou desafios por serem honestos demais”. 

Simon sugere que você pergunte a eles como você se compara aos candidatos que foram levados adiante. 

“Isso permite que eles apontem onde podem estar as lacunas em sua experiência – e isso soa de uma maneira que parece muito menos pessoal ou acusatória”, observa.

Se você já foi rejeitado em alguma entrevista, talvez seja interessante procurar entender o motivo, e fazê-lo de forma mais concreta.

Faça uma lista de eventuais razões pelas quais ficou aflito/a e procure resolver melhor essas questões.

Talvez seja o caso de procurar alguém de confianca e com esse tipo de experiência para ensaiar antes – por que não? É o que todos os coachees de carreira fazem com seus clientes...

Pesquise e tente incorporar qualquer coisa que possa ajudá-lo a melhorar seu desempenho em entrevistas: valendo aqui outras áreas de atuação, além daquela do seu cargo almejado.

Desde que aumente a sua segurança, isso elevará, sem dúvida, as suas oportunidades de se desenvolver não apenas na carreira, mas também na vida!
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Novo local de trabalho presencial

Quando acabar o home office precisamos estar preparados: novos protocolos de saúde e normas sanitárias serão adotados. E quando antes nos ajustarmos, melhor! Ajustes radicais – Os espaços de …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Casamentos pós-pandemia

Não teve jeito: com a pandemia, casamentos de todos os tipos e gostos foram adiados para... um novo momento. Quando e como serão os casamentos pós-pandemia? Muitos casais não quiseram esperar e se …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Demitido na quarentena

Muitas pessoas perderam seus empregos –  e é claro que fica tudo muito mais duro se isso aconteceu durante a quarentena. Ok, desespere sim, mas depois, respire e fique calmo para poder pensar em …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Novos profissionais na indústria de eventos após a Covid-19

Vamos falar do impacto da Covid-19 na imensa e mundial indústria de eventos: um dos setores mais atingidos pelo coronavírus.  Algumas empresas, como a Microsoft e o Facebook, anunciaram planos para …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O novo virtual na profissão

Há décadas vínhamos nos acostumando a fazer várias coisas a distância: namorar, trabalhar, comprar e consumir... e havia uma escolha. Eis que agora, com distanciamento social, bem ou mal, a maior …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

A vez da consciência

Em plena quarentena e com o foco de todo o planeta voltado para a pandemia da Covid-19, escrever sobre algo que não seja o isolamento social, a agressão do dia do presidente Bolsonaro ou os números …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Quando uma casa não basta

Essa quarentena forçada – mas para alguns relativamente bem-vinda, não fosse a tragédia porta afora das casas – tem trazido à tona o pior de um grupo de pessoas que não suportam a própria companhia e …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Diferença entre chefe e líder

Oito em cada 10 profissionais pedem demissão por causa do chefe. É o que aponta Michael Page em um levantamento da consultoria de recrutamento Oggiam. Pois é! Ser um bom gestor não significa ser …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O bom convidado

Convidado para um jantar entre amigos, será que tudo o que você tem a fazer é aparecer e comer? Não mesmo. Ora, preparar um jantar é um trabalho árduo. Seu anfitrião pode ter tirado todo o dia de …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Amigos e conhecidos: mais importantes do que se imagina!

Trabalho e família. É comum colocar neles todo o peso do nosso bem-estar, assim como todas as nossas expectativas. Agora, nos aproximando do terceiro mês do ano, este é um bom momento para refletir …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados