X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Parque, píer e deques em lagoa de Vila Velha

| 16/06/2020 15:30 h

Lagoa Grande: projeto prevê  construção de centro de apoio a visitantes
Lagoa Grande: projeto prevê construção de centro de apoio a visitantes |  Foto: Arquivo/AT
A Lagoa Grande, em Vila Velha, vai ganhar obras de infraestrutura e urbanização paisagística e arquitetônica, com parquinho, píer e deques. É o que prevê um projeto executivo que foi apresentado ontem a moradores, lideranças comunitárias, empresários e comerciantes do bairro Ponta da Fruta e região.

Está prevista a construção de um centro de apoio aos visitantes, com lojas, salão, playground, estacionamento, deques, píer de contemplação da paisagem, píer com rampa para barcos, banheiros e sede administrativa.

O entorno e o acesso da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes também serão contemplados com o projeto de infraestrutura, com a construção de deques, mirantes e estacionamentos.

Com uma área de 2.600 hectares, a Lagoa Grande contempla os bairros Ponta da Fruta, Interlagos, Nova Ponta da Fruta e Morada do Sol.

A apresentação do projeto foi feita ontem de manhã, durante encontro com o prefeito de Vila Velha, Max Filho, na sala de conferência na sede da prefeitura, em Coqueiral de Itaparica.

Este é um dos projetos que foram contemplados com os recursos já garantidos do Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).

Também estão previstos investimentos nas unidades de conservação ambiental do Parque Municipal Morro da Manteigueira, na Glória; no Sítio Batalha, no Centro; e no Morro do Penedo, no bairro Ilha das Flores.

Durante o encontro, o prefeito anunciou que a empresa Avantec Engenharia foi a vencedora do processo licitatório e elaborou o projeto de infraestrutura em torno da Lagoa Grande.

“É muito importante apresentar e qualificar o projeto, adequando aos anseios da comunidade”, disse, acrescentando que deverá ser realizada uma consulta pública, por meio do site da prefeitura, ampliando a participação popular.

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Jorge Góes Coutinho, morador de Ponta Fruta, participou da reunião. “Gostaria de agradecer em nome dos moradores e dizer que a comunidade é parceira deste e de outros projetos”, comentou o desembargador aposentado.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS