X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ministério da Saúde reduz prazo para quem teve covid voltar a doar sangue

Doador precisava aguardar 30 dias para voltar a doar sangue

Redação Tribuna Online | 02/02/2022 20:14 h

Doação de sangue
Doação de sangue |  Foto: Divulgação Sesa
 

Uma nova orientação do Ministério da Saúde diminuiu de 30 para 10 dias o prazo para quem teve covid ou suspeita da doença poder voltar a doar sangue. Esse período começa a ser contado a partir do momento em que o doador cumpre o tempo de isolamento e apresenta plena recuperação. 

A nova orientação foi informada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta quarta-feira (2) e as informações foram publicadas na Nota Técnica N°004/2022, disponibilizada no último dia 24 de janeiro, que revoga a instrução do período de 30 dias adotado anteriormente.

As mudanças para triagem clínica dos candidatos à doação foram definidas por meio do avanço dos estudos e conhecimentos científicos relacionados ao vírus, uma vez que não há evidências que o vírus seja transmitido pela transfusão de sangue. 

Para a diretora geral do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Espírito Santo (Hemoes), Marcela Murad, essa nova medida aumentará o número de bolsas de sangue no estoque da unidade e incentivará novos doadores.

“Estamos passando por um momento em que todos os bancos de sangue do Brasil enfrentam baixas significativas nos estoques, sendo que um dos principais motivos é o elevado número de cidadãos positivos para covid-19, o que tornava a pessoa inapta à doação por um longo período. Acreditamos que a redução para dez dias sem apresentar sintomas, refletirá positivamente para o reestabelecimento de níveis adequados de sangue para atender os pacientes necessitados cotidianamente”, ressaltou.

Com relação ao contágio pelo vírus da influenza, é exigido o intervalo de 15 dias após cura total da doença.

Prazo para vacinados contra covid 

Uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves da covid-19 e diminuir o número de internações é a vacinação, entretanto, após receber as doses contra a doença o cidadão deve seguir alguns critérios antes de realizar a sua próxima doação de sangue.

Aos que foram imunizados com a Coronavac, é necessário aguardar dois dias para realizar a doação. Já os demais imunizantes a recomendação é de sete dias.

Doações de sangue na pandemia

A Sesa informa que durante o período de enfrentamento ao novo coronavírus os atendimentos em todas as unidades estão acontecendo, preferencialmente, por meio de agendamento. A medida visa a reduzir a circulação de pessoas nos locais para evitar aglomerações e reduzir a possibilidade de transmissão do vírus. As pessoas que tiveram diagnóstico positivo covid-19.

Outra forma de realizar a doação é por meio é o agendamento do Ônibus de Coleta Externa. A unidade móvel realiza a coleta de sangue e o cadastro para doação de medula óssea. O serviço pode ser solicitado por qualquer cidadão pelo e-mail [email protected], sendo necessário cumprir alguns requisitos, como o mínimo de 50 doadores e o máximo de 70.

Confira onde doar sangue

Hemocentro de Vitória

Endereço: Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe.

Telefone: (27) 3636-7920

 Hemocentro de Linhares

Endereço: Avenida João Felipe Calmom, 174-298, Centro.

Telefone: (27) 3264-6000

Hemocentro de Colatina

Endereço: Rua Cassiano Castelo, 276 – Centro.

Telefone: (27) 3717-2800

Hemocentro de São Mateus

Endereço: Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington.

Telefone: (27) 3767-7954

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS