X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Barreiras em estradas durante o feriadão

| 11/06/2020 09:33 h

Com o objetivo de evitar a propagação do novo coronavírus no feriado de Corpus Christi, militares do Corpo de Bombeiros e da polícia vão abordar veículos nas estradas para verificar sintomas da doença.

A ação vai acontecer em quatro pontos da Grande Vitória: na ES-010, em Nova Almeida, na Serra; na Rodovia do Sol, na Ponta da Fruta, em Vila Velha; e nos postos da Polícia Rodoviária Federal na BR-101, na Serra e em Viana.

“Vamos fazer a medição de temperatura dos ocupantes dos veículos e algumas perguntas, como o local de origem. Se ela tiver febre ou dor de garganta, será orientada a procurar uma unidade de saúde”, disse o tenente-coronel Carlos Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros.

Se um caso suspeito for identificado, a pessoa será orientada a entrar em isolamento social por 14 dias. Agora, se houver casos mais graves, como de pessoas com febre alta ou dificuldade respiratória, o paciente será levado para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.

O governador do Estado, Renato Casagrande, fez um apelo para que a população fique em casa.

Posto da Polícia Rodoviária, em Viana, vai contar com uma das barreiras
Posto da Polícia Rodoviária, em Viana, vai contar com uma das barreiras |  Foto: Leone Iglesias/ AT

“Meu pedido neste feriado é que as pessoas deixem de ir às praias. Se eu puder pedir aos prefeitos, o meu pedido é que constranjam as pessoas a não irem às praias, aos parques e às praças”.

Na quarta-feira (10), o governador anunciou que forças policiais vão fazer abordagens a quem for a praias, calçadões, parques, entre outros.

O tenente-coronel Carlos Wagner Borges, no entanto, ressaltou que a barreira não é para evitar que as pessoas passeiem no feriado e sim para orientá-las.

O secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira, disse que haverá um operação diferente na capital que vai contar cerca de 100 guardas municipais, fiscais de vigilância sanitária, junto com Polícia Militar e Bombeiros.

“Vamos fiscalizar praias, bares, restaurantes, para ver se estão cumprindo medidas de segurança. E iremos distribuir 2 mil máscaras em locais de aglomeração”.

A fiscalização também será intensificada em Vila Velha, segundo o secretário de Defesa Social e Trânsito, coronel Oberacy Emmerich Júnior. “A intenção é constranger e orientar. Também vamos reforçar o controle na subida do Morro do Moreno, com a guarda”.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS