Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ciclistas vão ao Convento pedir proteção no trânsito

Notícias

Cidades

Ciclistas vão ao Convento pedir proteção no trânsito


Ciclistas vão se reunir no Convento em uma missa de agradecimento e bênção, que deve ter 800 participantes. (Foto: Kadidja Fernandes/AT)
Ciclistas vão se reunir no Convento em uma missa de agradecimento e bênção, que deve ter 800 participantes. (Foto: Kadidja Fernandes/AT)

Um grupo de atletas profissionais e amadores vai participar de uma missa especial para ciclistas no Campinho do Convento da Penha, neste domingo (15). Um dos principais pedidos do grupo será paz e proteção no trânsito, em especial contra acidentes e assaltos.

A concentração será às 8 horas, no portão principal do Convento da Penha e a missa acontecerá às 9 horas, no Campinho. A estimativa dos organizadores é que 800 ciclistas participem da programação.

O evento é uma iniciativa do Frei Pedro de Oliveira que, após muitos acidentes com ciclistas na Grande Vitória, percebeu a necessidade de reunir o grupo para pedir mais proteção.

O consultor de vendas Paulo César Piontkowski, 50, pedala há 5 anos e hoje é um dos organizadores do evento. Ele ressalta que pretende agradecer muito na missa, mas alerta para as dificuldades que enfrenta todos os dias de bicicleta.

“Eu moro na Praia da Costa e vou pedalando até o trabalho. Há insegurança? Muita! Nós não temos ciclovias durante todo o percurso”, afirmou Paulo.

O aposentado, Enio Antônio de Souza, 60 anos, costuma pedalar três vezes por semana. Além de melhorias na sinalização das ciclovias, o aposentado questiona a falta de segurança que vivencia. “No trânsito, quando não estou em grupo, os motoristas buzinam e não respeitam o espaço. Não é aconselhável pedalar sozinho, nem para trabalhar nem para fazer exercício físico”.

Paz, segurança e proteção, muitos são os pedidos de ciclistas que todos os dias enfrentam desafios sobre rodas, mas, apesar de tudo, o sentimento de gratidão prevalece.

“O pedido principal é paz no trânsito, mas temos muito a agradecer pelo tempo que estamos pedalando, além de se divertir, é claro!”, destacou Enio.

A reportagem completa você confere na edição deste sábado (14) do jornal A Tribuna.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados