search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cetaf conquista a Copa Brasil Sub-15 de Basquete

Esportes

Esportes

Cetaf conquista a Copa Brasil Sub-15 de Basquete


“Senhores passageiros, estamos aterrissando em Vitória. Gostaria de comunicar que a bordo na aeronave está a equipe campeã brasileira de basquete sub-15”. Foi com esse anúncio, pouco antes de chegar em solo capixaba e receber o carinho dos familiares, que os garotos do time sub-15 do Cetaf foram aplaudidos no voo de retorno para casa, na tarde de ontem.

Equipe sub-15 do Cetaf, campeã brasileira de basquete (Foto: Jaider Miranda)
Equipe sub-15 do Cetaf, campeã brasileira de basquete (Foto: Jaider Miranda)

No último domingo, o time de Vila Velha conquistou a Copa Brasil de Basquete, torneio de base com a chancela da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), e que foi realizado em São José dos Pinhais (PR). Foi a maior conquista da história de um clube capixaba nas competições de base no basquete nacional.


Fora do Novo Basquete Brasil (NBB) — a liga profissional do País — desde a temporada 2013/14, o Cetaf passou a concentrar suas atividades nas categorias de base, com times do sub-11 ao sub-17.
A conquista nacional dos meninos foi praticamente irretocável.


Foram cinco vitórias em seis jogos. A única derrota foi para o tradicional time do Bauru/SP, por 71 a 64, na fase de classificação. Mas os meninos dourados de Vila Velha tiveram a revanche na decisão e, desta vez, quem saiu comemorando foi o Cetaf: 58 a 49.


Para o técnico Diego Renan Souza, a trajetória do time na competição foi crescente, de “patinho feio” a campeão brasileiro. Ele destaca que a confiança da equipe aumentou na medida que os resultados foram aparecendo.


“Fomos com uma base do sub-14, e o torneio era sub-15. Enfrentamos na final um time forte, que acabou nos vencendo no detalhe na primeira fase, mas não perdemos as bolas bobas que erramos no primeiro jogo e desta vez conseguimos a vitória”, afirma.


Para o armador Arthur Louzada, a derrota para o Bauru na última partida da primeira fase, curiosamente, foi o momento que fez a equipe capixaba passar a acreditar mais ainda no título.


“Eles eram o time mais forte da competição e nós chegamos a abrir 15 pontos de vantagem durante a partida. No fim, vacilamos e acabamos perdendo, mas ali mostramos para nós mesmos que dava para chegar ao título”, relembra o camisa 9 da equipe canela-verde.


A Copa Brasil ainda teve disputas no masculino sub-13, vencido pelo time do Círculo Militar/PR. No feminino, o Náutico foi campeão no sub-13 e o Londrina levou a taça no sub-15 anos.

Gabriel Azevedo mostra DNA de cestinha

O título do Cetaf consolida o legado da família Azevedo no basquete. Filho do ex-jogador da seleção brasileira Márcio Azevedo, e sobrinho do também ex-cestinha da seleção Luiz Felipe Azevedo, Gabriel, de 14 anos, foi o destaque da equipe na campanha da conquista da Copa Brasil.


Cestinha do torneio com 244 pontos e eleito o melhor jogador da final, o armador inicia a terceira geração de atletas da família, que teve início com o avô, Fernando Grijó Azevedo, e conta ainda com o primo mais velho Felipinho.


“É gratificante conquistar o primeiro título nacional de clubes para o Espírito Santo, com um time que eu jogo junto há quase cinco anos. Meu tio havia sido vice nacional, e meu pai chegou a ser quinto colocado. Busco como motivação os exemplos deles, que chegaram à seleção brasileira e tiveram muitas conquistas”, disse.

Campanha
Cetaf 125 x 36 São José dos Pinhais/PR
Cetaf 99 x 37 Duque de Caxias/PR
Cetaf 64 x 71 Bauru/SP
Cetaf 73 x 55 Londrina/Colégio Atop/PR
Cetaf 55 x 47 AGFEB/São José/SC

Final
Cetaf 58 x 49 Bauru/SP

Os campeões
Pivôs:
André Moschen, Arthur Lodi, Guilherme Bonfim, Lorenzo Gagno e Vítor Perim
Armadores: Artur Louzada Machado, Bernardo Bonfim e Gabriel Azevedo
Alas: Yago Cruz Machado, Tales Alvim e Willian Freitas Foca


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados