Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Carille diz ter sido xingado por auxiliar do árbitro em clássico contra o Santos

Esportes

Esportes

Carille diz ter sido xingado por auxiliar do árbitro em clássico contra o Santos


O técnico Fábio Carille (Foto: Reprodução/ Instagram @fabiocarille)
O técnico Fábio Carille (Foto: Reprodução/ Instagram @fabiocarille)
O técnico Fábio Carille ficou revoltado com a arbitragem do clássico do Corinthians contra o Santos, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Além de reclamar de marcações durante a derrota por 1 a 0, o treinador disse ter sido xingado por um dos auxiliares

Após a partida, Carille teve de ser contido pelos jogadores e integrantes da comissão técnica e recebeu cartão amarelo. Em leitura labial de imagens exibidas pela televisão, percebe-se que o treinador afirma: "Ele me chamou de vagabundo."

Na entrevista coletiva, Carille voltou a falar que foi xingado. "Em relação ao jogo, sabemos que é muito difícil jogar aqui. O lance do Avelar não está impedido, o Clayson faz o gol. A orientação é que qualquer dúvida é esperar o lance e ir para o VAR. Depois, dá o impedimento do tiro de meta, isso é básico do futebol. Não pode acontecer. Fui lá e pela primeira vez uma coisa feia aconteceu. Mas eu fui lá numa boa e ele foi muito sem educação. Vamos ver na televisão o que aconteceu. Se houver punição, que seja para ele. Eu não xinguei ninguém", afirmou Carille.

"Em relação ao que reclamei, é muito difícil de jogar aqui. O lance do Walter não estava impedido. Coisa feia, ele foi muito sem educação comigo. Depois, a gente vê na televisão. Ele foi muito mal educado. A punição tem de ser para ele, eu não xinguei ninguém", acrescentou o treinador.

Questionado se teria sido chamado de "vagabundo", Carille desconversou e encerrou o assunto: "O que tinha de falar sobre arbitragem já falei, deixa para lá".

Com a derrota para o Santos, o Corinthians permanece com 12 pontos e ocupa o décimo lugar na tabela de classificação do Brasileirão. Na retomada do torneio, que tem o dia 14 de julho como data-base, o time receberá o CSA.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados