search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Capitã Marvel "mostra que a revolução feminista é todo o dia"
Claquete

Capitã Marvel "mostra que a revolução feminista é todo o dia"

Com colaboração de Lola Martins

 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Satisfeita, empolgada e representada. Carol Danvers se tornou a melhor amiga de muitas mulheres desde que estreou nos cinemas no último dia 7 de março. Não por acaso, véspera do Dia Internacional da Mulher.
E que mulher! Senhores e senhoras, que mulher! Forte, brava, emotiva e competente. Adjetivos que podem descrever várias mulheres ao nosso redor, dentro do cinema mesmo, inclusive a Capitã Marvel. E foi para isso que ela foi criada, para representar todas e cada mulher. E teve êxito sublime!

Carol Danvers fez muitos olhos brilharem no escuro da sessão e sorrisos de admiração aparecerem depois das luzes se acenderem. Principalmente de seus produtores, já que filme (ameaçado de boicote) bateu recordes em sua estreia.

 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A Capitã Marvel, mesmo não sendo um dos personagens mais conhecidos da Marvel nos quadrinhos, é a uma das heroínas mais fortes. Criada para mostrar a força da mulher, no cinema não podia ser diferente. Ela demostrou que emoção fortalece, ao contrário do que fomos ensinadas. Que mulheres podem e devem se ajudar. Que não é necessário um interesse romântico para escrever a sua história. Mas, é preciso sensibilidade para perceber as nuances de uma representatividade feminina, que vai muito além do que um filme protagonizado por uma mulher.

Carol — para as amigas íntimas — mostra que a revolução feminista é todo o dia. Quando teimamos em levantar. Quando nos dizem que somos fracas por trabalharmos com emoção, quando querem nos adestrar e conter toda força que temos, quando querem tornar quem nos representa, e do qual temos orgulho, em vilãs.

Ao contrário de Pantera Negra e Mulher Maravilha, que trouxeram uma representatividade fantástica e fantasiosa, digna de cinema. Capitã Marvel trouxe o real. Mostrou que mulheres sempre têm de ir mais alto, mais longe, ser mais veloz e muito, muito mais forte. E mesmo sendo dona do universo, a ex-agente da Força Aérea norte-americana, antes de ganhar seus poderes, já enfrentava batalhas no seu dia a dia e ganhou todas.

A diretora Anna Boden, que também atuou no roteiro do longa, junto com as roteiristas Jac Schaeffer e Geneva Roberston-Dworet, trouxe uma sensibilidade, frases e situações que apenas uma mulher poderia traduzir do feminismo. Inclusive, estamos ansiosas para ver essa representação novamente, já que Schaeffer está escrevendo o filme de outra grande mulher do universo Marvel, a Viúva Negra.

 (Foto: Post de atriz Gal Gadot, a Mulher Maravilha, parabenizando Brie Larson, a Capitã Marvel/Arquivo Pessoal)
(Foto: Post de atriz Gal Gadot, a Mulher Maravilha, parabenizando Brie Larson, a Capitã Marvel/Arquivo Pessoal)
Além de todos os detalhes, esse trio, junto com o diretor Ryan Fleck, acertaram em mudar o gênero de determinados personagens da história em quadrinhos, apesar de alguns espectadores acharem que estragou a história original por conta disso. No entanto, se tivesse sido como nos quadrinhos, toda o esforço pela representatividade teria se perdido.

Esperamos agora que Carol Danvers não seja apagada pelo grupo de Homem de Ferro e Capitão América no próximo, e tão esperado, "Vingadores: Ultimato". E não aconteça o mesmo que com sua correspondente no mundo DC, a Mulher Maravilha. Queremos ver agora a mulher sendo representada como forte, como uma das melhores, mas junto com os melhores homens. Porque sabemos que ela é boa, então #deixaelatrabalhar.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados