Flávio Dias

Flávio Dias


"Campeonato Carioca tem que acabar"

Postagem da Federação de Futebol do Rio recomenda que torcedor não vá ao Maracanã para a semifinal da Taça Guanabara (Foto: Twitter/Ferj)
Postagem da Federação de Futebol do Rio recomenda que torcedor não vá ao Maracanã para a semifinal da Taça Guanabara (Foto: Twitter/Ferj)
“O Campeonato Carioca tem que acabar”. Torcedores e imprensa discutem já há algum tempo a questão da “utilidade” dos Campeonatos Estaduais nos últimos anos. O centroavante Fred já levantou essa bola em 2015, irritado com erros de arbitragem após ser expulso em um Fla-Flu. O presidente do Fluminense, Pedro Abad, também pediu o fim da competição após a derrota para o Vasco na atual edição do Carioca, também revoltado com erros de arbitragem.

Apitos à parte, está mesmo difícil defender a continuidade dos Estaduais. Se fecharmos o foco no Carioca, então, é quase impossível a defesa!

A começar pelo regulamento, o mais confuso que conseguiram criar! E que força a realização de semifinais e finais mesmo se um mesmo time vencer os dois turnos do campeonato (Taça Guanabara e Taça Rio). No ano passado, já com esta “revolucionária” ideia, o Flamengo venceu a Taça Guanabara, o Fluminense conquistou a Taça Rio e a final foi entre… Vasco e Botafogo! Mágico, né?

Além da forma de disputa, os horários dos jogos e as condições (ou a falta delas) dos gramados são uma facada no coração de quem defende o Campeonato Carioca. E o que falar dos clássicos, que não ocupam mais o domingo, historicamente dia nobre do futebol?

Mas o que motivou o blog a voltar das férias já tão feroz foi a nota divulgada pela Federação de Futebol do Rio (Ferj) em sua conta no Twitter no final da tarde desta terça-feira (12). Após dúvida quanto à realização ou não do jogo Vasco x Resende nesta quarta-feira (13), pela semifinal da Taça Guanabara, por causa do alerta de fortes chuvas no Rio, a Ferj confirmou o jogo, mas pediu, em conjunto com o Vasco — ao menos na postagem —, para o torcedor não ir ao estádio!

Isso mesmo! “Tanto Ferj quanto Vasco recomendam ao torcedor que se sentir inseguro que não compareça”. Se os responsáveis pela competição e pela realização dos jogos pedem para o torcedor não ir ao estádio, então, realmente, é hora de fechar as portas e encerrar o campeonato.

No fim de abril, teremos um time dando volta olímpica e sua torcida comemorando. Mas é fato que o Campeonato Carioca, do jeito que está hoje, já não empolga — nem engana — ninguém!

***

Torcida pessoal

Erich Bomfim pelo Rio Branco na Segundinha Capixaba de 2018 (Foto: Adriano Barbosa — 29/03/2018)
Erich Bomfim pelo Rio Branco na Segundinha Capixaba de 2018 (Foto: Adriano Barbosa — 29/03/2018)
Erich Bomfim é um dos bons treinadores do futebol capixaba. Mas tomou algumas decisões que atrapalharam sua carreira, como deixar o Rio Branco na Segundinha Capixaba do ano passado depois de classificar o time para as semifinais. O Capa-Preta foi campeão e o nome do treinador que vai ficar marcado nos livros é o de Charles de Almeida, e não o do Erich.

Agora ele reassume o mesmo Rio Branco, no lugar de Caco Espinoza, que não vai deixar saudades. Em dois jogos sob o comando do sobrinho do Valdir Espinosa, o Rio Branco mostrou pouquíssimo futebol.

Já gostei da primeira avaliação que o Erich fez, antes mesmo de comandar um treino sequer. O time não aproveitou ainda o poder de finalização do Loco Abreu. O uruguaio, de 42 anos, principal contratação do clube, tem que receber a bola para finalizar a gol, e não apenas para ficar dando “casquinha” ou fazer o pivô.

Erich, para quem não sabe, jogou muita bola. No campo, no salão e na areia. Gosta do bom futebol. Fica o desejo de boa sorte e que, desta vez, a decisão tenha sido acertada!