search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cadela farejadora morre após parada cardíaca por causa de fogos de artifício

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Cadela farejadora morre após parada cardíaca por causa de fogos de artifício


Lua durante último trabalho na PRF (Foto: Divulgação/ PRF)
Lua durante último trabalho na PRF (Foto: Divulgação/ PRF)
A cadela farejadora Lua, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Espírito Santo, morreu no sábado (23). Ela teve uma parada cardíaca por causa dos fogos de artifício durante a partida entre Flamengo e River Plate pela Libertadores.

De acordo com a PRF, Lua tem apenas 4 anos e foi encontrada sem vida em sua ala. Desde 2016 ela participou de inúmeras apreensões de entorpecentes. Seu último trabalho foi no final de outubro, quando 10 quilos de pasta base de cocaína foram apreendidos na BR-101, na Serra.

Ela farejou o interior de um Ford Fiesta e localizou o material dentro das caixas de ar do veículo. O motorista do carro foi preso.

“A nossa cadela policial vai deixar saudades, na certeza que seu trabalho foi de grande feito à instituição”, afirmou a PRF.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados