search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Bolsonaro triplicou investimento saudita previsto
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Bolsonaro triplicou investimento saudita previsto

Os investimentos de US$ 10 bilhões (R$ 40 bilhões) da Arábia Saudita, anunciados na visita de Jair Bolsonaro àquele país, foram definidos em negociação rápida, durante reuniões amistosas entre os chefes de governo.

A certa altura, gentil, o anfitrião quis saber se satisfaziam os US$ 3 bilhões (R$12 bilhões) combinados antes mesmo da viagem. Bolsonaro sorriu, matreiro, e o príncipe herdeiro virou o rei da simpatia: “Quanto seria bom, US$ 8 bilhões? (R$ 32 bilhões)” O brasileiro arriscou: “Vamos arredondar para US$ 10 bi (R$ 40 bilhões)?”. O príncipe sorriu, e um aperto de mão celebrou o acordo.

Desde criancinhas
Bolsonaro e o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman pareciam velhos amigos, quando se encontraram em Riad pela terceira vez.

Conversa pessoal
O Presidente contou sua paixão por motos e o príncipe disse que também aprecia motocicletas, mas gosta mesmo é de cavalgar.

Nunca na História
Os R$ 40 bilhões sauditas representam o maior investimento obtido na História por um presidente brasileiro em visita oficial ao exterior.

Dinheiro sobrando
Os US$ 10 bilhões representam uma pequena parte do fundo soberano saudita, estimado em mais de US$ 840 bilhões (R$ 3,4 trilhões).

Aneel assume seu golpe contra a energia solar
Diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Rodrigo Limp assumiu no Senado o golpe da “agência reguladora” de incentivar consumidores a investirem em geração de energia fotovoltaica (solar) para depois lhes puxar o tapete, criando a taxa criminosa. O golpe começou em 2015. Limp diz que, para a Aneel, o atual modelo “não é sustentável”. Perante os interesses das distribuidoras, faltou dizer.

Golpe rasteiro
A Aneel decidiu inviabilizar a energia solar após aumentar de 1,8 mil para 128 mil os consumidores que levaram a Aneel a sério.

Ganância e lobby
Com “base de cálculo” pequena, a Aneel não achava “necessário” taxar. Mas, as distribuidoras se incomodaram com a perda de clientes.

Pura crueldade
Para Rodrigo Marcolino, da Absolar, a “instabilidade regulatória” asfixia a geração distribuída, que equivale a apenas 1% da matriz brasileira.

Falta de vergonha
Os senadores deram a prova dos privilégios dos poderosos no Brasil. Intimados pela Polícia Federal, disseram que dia e hora não eram compatíveis com as agendas. Pior, alegaram não estar em Brasília em plena terça-feira.

Doeu a coluna
No mesmo dia em que foi intimado a depor na Federal no caso dos senadores do MDB acusados de receberem propina da J&F, em 2014, Eduardo Braga (AM) quase fraturou a coluna esticando-se para conseguir um aperto de mão do presidente Bolsonaro, no Congresso.

Farra na Rede
Ex-candidato ao governo de Pernambuco, Júlio Lóssio (Rede) é acusado pelo MPF de superfaturar festas juninas de Petrolina (PE) em R$ 5,7 milhões. Ele chamou a acusação de um “absurdo equívoco”.

Quem diria
Apesar do mensalão, petrolão, prisão de Lula, de três tesoureiros, de deputados, dos últimos três presidentes do partido etc., o PT continua sendo o maior partido da Câmara com 55 deputados federais.

Tá feia a coisa
Apesar da acentuada crise financeira, desde o final de 2015, ainda no governo da petista Dilma, despesas obrigatórias do governo só sobem. Atualmente, R$ 65 de cada R$ 100 arrecadados são gastos em salários.

CPI foi importante
A CPI do BNDES não foi um fracasso completo: o procurador-geral da República, Augusto Aras (foto), pediu a rescisão dos acordos de colaboração premiada da patota da JBS Joesley e Wesley Batista, Ricardo Saud e Francisco de Assis e Silva com base no relatório final da comissão.

Boa vida
Com melhores salários e criminalidade entre as mais baixas, o DF teve maior procura por concurso para polícia. Segundo o GranCursos, foram 147 mil contra 132 mil na Bahia, que tem população cinco vezes maior.

Liberdade em declínio
O relatório “Freedom on the Net 2019” aponta as redes sociais como a origem de dois dos maiores problemas da liberdade na internet: a interferência em processos democráticos, com contas falsas ou fraude, e a coleta de dados, identificação e monitoramento de usuários.

Pensando bem...
...até há pouco tempo, políticos e autoridades corruptas era levados sob vara para depor. Agora, é preciso pedir licença a suas excelências.

Poder sem pudor

Conta de somar
Homem sério, o líder mineiro Milton Campos nunca foi daqueles políticos que tentam explicar o inexplicável. Ele perdeu para João Goulart, em 1960, a eleição para vice-presidente da República, que na época não era “casada” com a de presidente.

Na expectativa de obter uma avaliação profunda do seu próprio insucesso, um jornalista provocou.

“Dr. Milton, por que o senhor perdeu?”. Ele encerrou a conversa mole:
“Perdi porque ele teve mais votos, ora”.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aprovação de Bolsonaro supera a de Doria em São Paulo

Levantamento do instituto Paraná Pesquisa na cidade de São Paulo revela um dado surpreendente: somam 27,5% os eleitores paulistanos que avaliam a gestão do atual Presidente como “ótima” ou “boa”, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ajuda extra faz crescer apoio a Bolsonaro no País

Diretor do instituto Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo afirmou ontem que as próximas pesquisas nacionais devem registrar crescimento na avaliação do governo Jair Bolsonaro. Ele destaca que o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Decisão de Noronha foi “tecnicamente perfeita”

Foi tecnicamente perfeita a decisão do ministro João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao conceder prisão domiciliar de Fabrício Queiroz, ontem, segundo especialist…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pernambuco e SP lideram lista de corrupção na pandemia

Os estados de Pernambuco e São Paulo lideram o ranking de denúncias de corrupção envolvendo gastos e despesas para ações contra a Covid-19. De acordo com o Instituto Não Aceito Corrupção (Inac), …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Wi-fi no avião presidencial custará R$ 2,3 milhões

O presidente da República, Jair Bolsonaro, que é “fissurado” em redes sociais, será o principal usuário dos serviços de In-Flight Connectivity (IFC) ao custo de R$ 2,3 milhões anuais para garantir …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro faz o que pregava: toma cloroquina

Diante dos primeiros sinais de que poderia ter contraído coronavírus, ontem, o presidente Jair Bolsonaro passou a tomar imediatamente o remédio cloroquina, como sempre defendeu. Ele iniciou a …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aneel usa Covid e o dólar para ajudar “parceiras”

A crise se agrava, mas a agência “reguladora” de energia elétrica Aneel continua agindo como parceira de empresas e distribuidoras, em vez de regular em benefício do consumidor que a sustenta. …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Jair do B” reduz a fervura e até isola olavistas

É mais importante do que parece a mudança de Jair Bolsonaro, evitando crises ou fazer declarações ásperas “na grade”. Seus posts nas redes sociais ganharam redator profissional e textos sóbrios. Pode …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Exame da “ficha” adiou anúncio de ministro para segunda

O presidente Jair Bolsonaro convidou Renato Feder por telefone, ontem, para assumir o Ministério da Educação. O convite foi aceito. Mas ele foi avisado de que seu nome passaria por “pente-fino”, como …


Exclusivo
Cláudio Humberto

STF mantém “espada de Dâmocles” sobre Bolsonaro

Se Jair Bolsonaro mudou seu comportamento beligerante, trocando seu “presidencialismo de colisão” pelo estilo “paz e amor”, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que se revezavam nos insultos …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados