Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Sobre Rodas

Sobre Rodas

Colunista

Márcia Branki

Conheça o SUV de 7 lugares com motor diesel e tração 4x4 mais em conta do País

Produzido pela Jeep, Commander movido a diesel custa R$ 287.690 na versão de entrada Limited

Marcia Branki | 14/07/2022, 20:32 20:32 h | Atualizado em 14/07/2022, 20:32

Jeep Commander – que chegou ao País em agosto do ano passado
Jeep Commander – que chegou ao País em agosto do ano passado |  Foto: Divulgação / Jeep
 

Está de olho em um SUV grandalhão com motor diesel e tração 4x4? Apesar do preço considerado salgado para a maioria dos mortais, o Jeep Commander – que chegou ao País em agosto do ano passado - é a opção mais em conta no Brasil. O valor? R$ 287.690  na versão de entrada Limited. Na topo de linha, Overland, que traz ainda teto solar, rodas de 19 polegadas, acabamento diferenciado e alguns acessórios a mais, o valor sobe para R$ 312.990.

Totalmente projetado e desenvolvido no Brasil, ele tem capacidade para transportar sete pessoas distribuídas em três fileiras e está disponível em quatro versões: Limited e Overland, ambas com propulsor 1.3 turbo flex ou 2.0 turbodiesel.

A convite da Jeep, Sobre Rodas teve a oportunidade de avaliar a opção Limited, equipada com motor 2.0 turbodiesel de 170 cv com tração 4x4 e câmbio automático de nove marchas.

Jeep Commander
Jeep Commander |  Foto: Divulgação / Jeep
 

Trata-se do mesmo motor que equipa os Jeep Renegade e Compass e a Fiat Toro, mas ele recebeu novos volante, turbina e mapeamento da central eletrônica, o que permitiu aumentar o torque para 38,7 kgfm, necessários para empurrar os quase 1.900 quilos dessa versão.

Na prática, o carro demora um pouco para sair da inércia, mas depois de embalado mostra agilidade, principalmente pelo câmbio automático de nove marchas, que permite trocas mais rápidas, tanto na alavanca de seleção quanto nas aletas atrás do volante.

No consumo, ele até que se saiu bem, com média de 10,5 km/l no percurso cidade/estrada. Destaque também para suspensão, estabilidade e baixo nível de ruído interno.

Externamente, o modelo se destaca pelo design moderno e robusto. Na frente, ele mantém o forte DNA da marca com as características sete fendas na grade. Faróis full led afilados, de neblina e de condução diurna em led completam o visual. 

Padrão da marca, o interior é bem acabado e traz materiais de qualidade. A parte superior do painel e as portas dianteiras são emborrachadas e há revestimento em couro sintético e tecido suede – que lembra uma camurça - nos bancos e também na parte central do painel. 

Jeep Commander
Jeep Commander |  Foto: Divulgação / Jeep
 

A lista de equipamentos de conforto e segurança é recheada e um dos destaques é a central multimídia de 10,1 polegadas com conexão sem fio para celulares, portas USB para três fileiras e GPS nativo.

Outros destaques são quadro de instrumentos digital de 10,25 polegadas configurável, banco do motorista elétrico, Park Assist,  freio de mão eletromecânico, partida remota, chave presencial e ar-condicionado automático de duas zonas, que tem saídas de ar para quem vai na segunda fileira, inclusive com regulagem de velocidade.

Com relação ao espaço, o carro transporta sete pessoas. Dois vão bem na frente e três vão bem na segunda fileira. Atrás, com acesso razoável, vão mais duas pessoas. Porém, se a viagem for longa, o espaço é mais indiciado para duas crianças.

O porta-malas, cuja tampa tem abertura e fechamento feitos eletricamente, tem capacidade mínima, com a terceira fila de assentos armada, para 233 litros. Ao rebater os bancos extras, o assoalho fica plano e a capacidade aumenta para 661 litros. Se o motorista optar por rebater também a segunda fila a capacidade aumenta para 1.760 litros.

No quesito segurança, o Commander oferece um belo pacote de recursos. Além dos obrigatórios, traz sete airbags, controles de tração e  estabilidade, anticapotamento,  auxiliar de partida em rampa, detector de fadiga do motorista, sensor de ponto cego e tráfego cruzado, sensores  360 graus, auxiliar de permanência em faixa, alerta de colisão com frenagem autônoma que identifica pedestres e ciclistas e bons freios a disco nas quatro rodas que param o Commander com eficiência.

MATÉRIAS RELACIONADAS