Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Qual a Bronca?

Qual a Bronca?

Colunista

Redação A Tribuna

Lixo descartado no meio da rua

Irregularidade ocorre nas esquinas das ruas do bairro Itapuã, onde moradores descartam pedaços de móveis, entre outros objetos

| 29/07/2022, 10:49 10:49 h | Atualizado em 29/07/2022, 10:50

“O que a Prefeitura de Vila Velha está fazendo para evitar que a população continue criando pontos viciados de lixo em locais impróprios, como o da Travessa Independência, que fica logo atrás do (supermercado) EPA de Itapuã?”, pergunta o morador Alenilton Sipriano, que reside no  bairro. 

Segundo ele, em cada esquina há descarte de lixo de forma incorreta. “Há mais de uma semana que tem pedaços de móveis desmontados nessa esquina. Se não for logo coletado, a tendência é piorar ainda mais”, alertou.

Alenilton relata que, de acordo com moradores próximos, não adianta registrar a denúncia na Ouvidoria porque nada é feito. Disseram ainda que aparece gente de longe para descartar o lixo. “Ou seja, um joga e aparece outro para fazer o mesmo”, afirma. 

O morador conta que uma equipe da prefeitura fez a limpeza numa área que fica nos fundos do Solar de Itapuã, outro ponto viciado de descarte de lixo. Mas, no dia seguinte, já estava sujo. 

“É preciso uma ação mais efetiva por parte da administração municipal, pois os 'porcalhões' vão continuar descartando lixo em local indevido. Temos a lei municipal, que permite multar quem descarta lixo em local e horário inadequados”, ressaltou.

A Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura de Vila Velha  informa que realiza limpeza no local regularmente e pede para que o descarte de lixo residencial seja feito nos dias e horários do caminhão, para evitar que o lixo fique acumulado por muito tempo. 

Lembra ainda que o descarte irregular é crime passível de multa, conforme o Código de Posturas do município. Por fim, assegura que denúncias devem ser feitas no telefone 162 da Ouvidoria Municipal.

O QUE DIZ LEITOR

Alenilton disse esperar que a Prefeitura de Vila Velha amplie a fiscalização e multe quem deixa as ruas sujas no bairro onde mora.

Praia do Morro

Esgoto no pomar
Delcidio Antonio Tofoli, comerciante

“O esgoto da casa do meu vizinho dos fundos está vazando dentro do meu pomar.  O problema ocorre já há algum tempo e não sei mais o que fazer para resolver essa situação”.

A Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura de Guarapari  informa que o proprietário do imóvel já foi notificado para realizar a ligação do esgoto à rede da Cesan.

Cidade Continental

Remédio indisponível
Priscila Santos Gonçalves, decoradora

“Ao contrário do que foi informado pela Sesa à coluna, o remédio Ritalina LA – 30 mg ainda não está disponível na Farmácia Cidadã da Serra”.

A Secretaria da Saúde  informa que já está com estoque de metilfenidato de 30 mg. Porém, a entrega para todas as farmácias ainda está sendo realizada e será normalizada nos próximos dias.

Enseada do Suá

Estação de geração energia solar será desativada
Gerson Luiz Pereira, administrador

“As duas estações geradoras de energia solar da Praça do Papa, com 360 placas e que geravam cada uma 74,25 kW, estão desativadas. O investimento da ordem da R$ 1,4 milhão  hoje virou uma cobertura para veículos”. 

A Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória (Setran) informa que, diante dos constantes atos de vandalismo e furtos que provocaram a inviabilidade técnica e econômica da usina, a desmontagem e a retirada dos componentes e da estrutura foram a melhor solução adotada.

A Setran informa, ainda, que somente a cobertura permanece no local e ainda avalia sua retirada.

Barcelona

Retirada de rotatória
João Calixto, aposentado

“Desde que retiraram a rotatória no sentido Barcelona/Nova Carapina, passar pela via está perigoso. Na verdade, fizeram uma gambiarra, que piorou o fluxo de veículos. Deviam ter colocado um semáforo para ordenar o fluxo”.

A Secretaria de Obras da Serra informa que uma equipe da Engenharia de Trânsito vai ao local para avaliar a demanda do morador.

Ilha de Monte Belo

Trecho no escuro
Paulo Henrique Freitas, engenheiro mecânico

“Passei pela  avenida Beira-Mar, no último dia 27 à noite, e o trecho entre a Ilha de Monte Belo e o Centro de Vitória  estava todo no escuro. Um risco para quem circula na região”.

A Setran/Vitória  esclarece que a equipe de manutenção esteve na Avenida Beira-Mar na noite da última quarta-feira e já resolveu o problema da falta de iluminação.

OPINIÃO DO LEITOR

Eleições 

A concentração das eleições presidenciais está circunscrita em dois candidatos: Bolsonaro e Lula. Por esta razão, algumas situações já podem ser esperadas. A polarização, que marca bem as características dos candidatos, facilita a escolha. Um tipo de eleitor que vota como quem aposta em rinha de galos dará seu voto ao candidato que se mostre o preferido nas prévias divulgadas pela mídia.

As bolsas assistenciais aos menos favorecidos, o comparecimento maior de eleitores jovens às urnas, menores abstenções e anulações de votos, e o principal, a prevalência do futuro que os brasileiros desejam para o País poderão ser significativas. Convenções, alianças, debates, ideias e ideais. É a hora, agosto está quase aí.

Roberto Pimentel
Praia do Canto – Vitória

Parteiras

Neste Brasil de dimensões continentais, existem grotões onde quem reina são as parteiras. Minha saudosa avó Izolina Pinto Ferreira foi uma destas mulheres que exerceram este trabalho nos idos de 1950 e 1960 na querida cidade de Baixo Guandu. Por suas mãos vieram muitos bebês, hoje anciãos e anciãs. Pelas desigualdades e distâncias reinantes no Brasil, estas mulheres ainda vão reinar por longos anos ainda.

Valdeci Carvalho Ferreira
Mata da Serra – Serra

Processo eleitoral

O senhor Valdeci Carvalho Ferreira apoiou a minha sugestão de exportação da tecnologia brasileira do processo eleitoral rápido e eficiente com nossas urnas eletrônicas. Esqueci de mencionar que o ministro Edson Fachin poderia, com sua influência e persuasão, divulgar ao exterior a segurança e inviolabilidade histórica. Seria a forma de propagar o processo eleitoral, auxiliando positivamente a exportação, além das commodities.

Humberto Schuwartz Soares
Praia da Costa – Vila Velha 

A vida

Estamos em um momento difícil com a violência diária. Para sorrir e voltar a alegria, temos o Pater de A Tribuna, a história da menina e o seu amor por um gato (Bob), que vai se transformar em livro.

O ensino particular no Estado tem nível internacional, segundo o Sinepe. Diversos pronunciamentos em defesa de respeito à carta democrática. Nossa experiência na Ufes em dois mandatos sob a ditadura militar em função da maldade humana. Nunca mais 1964! “A palavra é a melhor forma de saber que você pode confiar em alguém”.

O que nos preocupa sempre não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons. “Coragem, a primeira qualidade da vida, o que garante todas as outras”.

Rômulo Augusto Penina
Mata da Praia – Vitória

MATÉRIAS RELACIONADAS