Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista

AT em Família

Imagem do colunista

Tribuna Online

Qual o melhor horário para treinar?

15/11/2021 17:35:04 min. de leitura

Imagem ilustrativa da imagem Qual o melhor horário para treinar?
Ana Carolina Bulhões, Talana Venezia e Gabriela Varejão têm o horário preferido para treinar Foto: Leone Iglesias/AT
 

Uns preferem malhar logo cedo alegando ter maior  disposição para as atividades do dia. Outros, com a rotina corrida pela manhã, só conseguem treinar à tarde ou à noite. Mas, afinal de contas, qual o  melhor horário para malhar? 

Para responder a essa pergunta, o AT em Família ouviu especialistas que revelaram  prós e contras de treinar em diferentes períodos do dia. Eles afirmam que  existem  fatores fisiológicos, comportamentais e ambientais que podem trazer vantagens e desvantagens a quem treina nos períodos da manhã, da tarde e da noite.

“Prefiro à tarde” A nutricionista Ana Carolina Bulhões, 44, treina na parte da tarde por ser o horário que melhor se ajusta à sua rotina. “O exercício físico tem papel fundamental na minha saúde física e mental”.
 

Professor da Universidade Federal do Espírito  Santo (Ufes)    e mestre em Ciências Fisiológicas,  Richard Leite diz que há evidências científicas que demonstram que treinar no período do final da tarde traz mais benefícios para o organismo. 

“Está bastante relacionado com a temperatura corporal, que favorece a utilização de substratos energéticos. Alguns estudos demonstram que a força, a potência, a flexibilidade e a capacidade aeróbica são maiores no período da tarde quando comparadas ao período da manhã”. 

Mas isso não significa que os treinos em outros horários devem ser evitados. Para Lorena Bello, coordenadora técnica da Bodytech Vitória, é importante ressaltar que o melhor período é aquele em que você tem espaço livre na agenda para praticar exercícios regularmente. 

“O melhor horário do dia para treinar sempre vai ser aquele que você tem maior disponibilidade. Mas é fundamental que as pessoas tenham acompanhamento de um profissional capacitado para fazer as devidas orientações e prescrições de treinamento”.

“Gosto da noite” A empreededora Talana Venezia, 39, escolheu treinar à noite por necessidade. “Tive que organizar com a minha rotina. Comecei com o objetivo de emagrecer, mas depois se tornou um hábito positivo”.
 

Ainda segundo ela, as características e os objetivos de cada pessoa também devem ser levados em conta. “O treino praticado logo cedo ajuda a estabelecer uma rotina de exercícios mais sólida porque ocorre antes dos compromissos”, afirma.

“O treino à tarde, como no horário de almoço, por exemplo, é para pessoas que têm pouco tempo. Nesse caso é eficaz fazer um treino de alta intensidade e  curta duração. E há também a parte da noite,  mais procurada por quem usa o treino para aliviar o estresse e  manter a saúde física e mental”.

“Treino de manhã” Já a criadora de conteúdo Gabriela Varejão, 35, treina de manhã por indicação médica. “Eu sentia muita dor em algumas articulações e, depois que entrei na academia, percebi uma grande melhora”.
 

Fique por dentro


Manhã

Vantagens 

O treino feito pela manhã pode ser um ótimo aliado para te despertar, fazendo com que fique bem disposto e bem-humorado para o restante do dia.   

Desvantagens

Para treinar de manhã, é preciso colocar o despertador para tocar cedo e reservar um tempo maior para fazer uma alimentação adequada. Além disso, o nível de força tende a ser menor no horário matutino.

Tarde

Vantagens

Quem faz exercícios no período da tarde, acaba realizando um treino mais forte, devido a fatores fisiológicos, como a temperatura do corpo, e fatores metabólicos, que podem intensificar a potência física na parte final do dia.

Desvantagens

Em alguns dias e locais específicos, uma grande desvantagem pode ser o calor e/ou a baixa umidade do ar, que podem levar à interrupção do treino.

Noite

Vantagens

A prática de atividade física no período noturno é vantajosa principalmente se for ao ar livre, pois os efeitos do calor não são muito intensos.

Desvantagens

Caso a pessoa pratique esportes pouco antes de ir para a cama, é possível que a atividade física contribua para a liberação de uma grande quantidade de endorfina, gerando euforia e dificultando o sono.