Beber durante a refeição faz mal?

É muito comum beber algo durante as refeições. Muitos tomam refrigerantes, enquanto outros preferem opções mais naturais, como chás, sucos e água. Mas será que tomar líquidos durante as refeições faz mal para nossa digestão? Será que prejudica a velocidade e o aproveitamento de nutrientes? E em relação ao peso, engorda? Vamos saber isso agora!

No que diz respeito ao ganho do peso, beber enquanto come pode ter como consequência o ganho de peso, porque esse hábito dilata o estômago, fazendo com que caiba cada vez mais comida. E, mesmo quando se trata de água que não tem calorias e, por isso, não engorda imediatamente, com o tempo a tendência é comer mais em cada refeição.

Isso acontece porque a informação de saciedade chega mais tarde ao cérebro porque o estômago precisa de mais comida para se sentir satisfeito.

Além disso, beber até mesmo água durante a refeição engorda porque os líquidos roubam espaço dos alimentos sólidos no estômago, o que faz a pessoa parar de comer mais cedo, mas, por outro lado, ela chega na próxima refeição com mais fome.

Por isso, esta estratégia para emagrecer está errada, aumentando, inclusive, os riscos de refeições maiores e menos selecionadas, que proporcionam o aumento do peso.

Outros líquidos, como suco, refrigerante ou bebida alcoólica, aumentam as calorias da refeição, assim como a tendência à fermentação, que pode gerar gases e provocar mais arrotos.

Por isso, é especialmente contraindicado beber enquanto come para quem sofre com refluxo ou dispepsia, que é uma dificuldade em digerir normalmente os alimentos.

Quanto tempo antes ou depois de comer devo beber?

Apesar de não existir uma conta exata, até 30 minutos antes e 30 minutos depois da refeição é possível se ingerir líquidos sem que atrapalhe a digestão.

Porém, a hora da refeição não é momento para “matar a sede” e o hábito de se hidratar durante o dia e fora das refeições é importante para diminuir a necessidade de beber durante as refeições.

Qual seria a quantidade certa de líquido a ser ingerido durante a refeição?

Para acompanhar uma refeição, é possível tomar água, suco de fruta, cerveja ou vinho, desde que não ultrapasse os 200 ml, mas se ao final da refeição surgir sede, pode ser interessante diminuir a quantidade de sal da comida, ou até mesmo o doce da sobremesa.

Ah! Mas agora vem a dica da Nutri: se você quer parar de comer bebendo, mas não consegue, lembre-se! Beber junto à refeição é mais um hábito social, do que propriamente necessidade.

Há até algumas pessoas que têm salivação reduzida, por isso tem mais dificuldade de comer sem ingerir líquido, mas, se for consumir, no máximo 1/2 copo durante a refeição. Com o tempo, todo mundo consegue tirar a bebida em definitivo ou deixar apenas para ocasiões especiais ou nos finais de semana.

Saúde em primeiro lugar, sempre! Confie no seu potencial e os resultados que você espera logo serão atingidos! Até a próxima semana!


últimas dessa coluna


Terrorismo nutricional

A prática de uma alimentação saudável se tornou algo estressante para você? Ah! Não sabe dizer? Então, vamos lá... Você já foi a um almoço de família e levou a própria comida? Já deixou de sair com …


Novembro Azul

Às vezes pode parecer que bato na mesma tecla quando falo da importância dos alimentos em diversas situações. Mas a verdade é que com a escolha certa aumentamos as defesas do nosso organismo, que nos …


A íntima relação entre comida e humor

Quando estamos cansados, queremos comer. Quando estamos tristes, queremos comer. Quando estamos felizes, queremos comer. Só não desejamos comer quando estamos doentes, fazendo ginástica ou dormindo, …


É batata, é doce, mas emagrece

E no mês de outubro iniciamos a safra da batata-doce. Vocês já devem ter ouvido falar que ela é a queridinha das dietas dos atletas, principalmente dos fisiculturistas, certo? Mas, muitos não sabem é …


Prevenção à osteoporose

O Dia Mundial de Prevenção à Osteoporose, que atinge principalmente mulheres após a menopausa e idosos de ambos os sexos, é celebrado amanhã. A osteoporose é uma doença crônica, multifatorial e …


Cuidado com o excesso de sal!

O sal de mesa é também conhecido como cloreto de sódio, e o problema está no sódio e não no cloreto e devemos observar que ele está presente também em vários produtos industrializados que consumimos …


O álcool está engordando você?

Você não dispensa aquele chope gelado no fim de semana ou um drinque com os amigos no happy hour? Há muitos fatores que afetam a perda de peso, tornando o processo mais complicado do que pode …


Colorau: vilão ou mocinho?

Entre todos os temperos, o colorau se destaca por sua coloração intensa, ainda que seja considerado um tempero de sabor fraco para boa parte dos paladares. Seu uso não é muito comum de forma primária …


Vaca atolada na polenta

Polenta? Um alimento típico da cultura italiana, mas muito conhecido aqui no Brasil. Pode ser servida mole, dura, grelhada ou frita e ainda recheada com uma variedade imensa de molhos. Antigamen…


É para você papai!

Mais um Dia dos Pais está chegando... Eles não são os mais famosos quando o assunto é cuidados com a saúde e alimentação exemplar, mas isso é algo que pode ser mudado. Os homens merecem uma atenção …