search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Avó e neta são presas por tráfico de drogas

Notícias

Polícia

Avó e neta são presas por tráfico de drogas


Avó, 61 anos, e neta, 19 anos, foram presas em flagrante por suspeita de tráfico de drogas na quinta-feira (8), no bairro Terra Vermelha, Vila Velha.

A prisão aconteceu após uma denúncia que informava que Eva da Fonseca Gomes utilizava um bar como fachada para comercializar drogas.

Ao chegarem ao local, os policiais militares começaram a buscar por entorpecentes com a ajuda do cão Jason.

O cachorro encontrou um papelote de cocaína e duas pedras de crack em uma escada que dá acesso à casa da suspeita. Segundo a PM, a droga estava enrolada em um bilhete do neto dela, que está no sistema prisional.

Leandra e Eva foram presas  (Foto: Fábio Nunes/ AT/ 08/11/19)
Leandra e Eva foram presas (Foto: Fábio Nunes/ AT/ 08/11/19)

Os PMs continuaram revistando o local e, quando chegaram na porta da casa, um soldado viu a neta da idosa, Leandra Ferreira Gomes,  tentando sair com uma sacola plástica em mãos. A mulher retirou a sacola das mãos da neta e tentou esconder debaixo de uma cama, mas o objeto foi alcançado pelo cão e recolhido pelos militares.

Ao verificar o conteúdo da sacola, os policiais constataram que havia 19 pinos grandes de cocaína e 15 pinos pequenos da mesma droga. Além da droga, também foram encontrados pacotes fechados de cigarros de procedência paraguaia sem nota fiscal e com indícios de contrabando.

De acordo com a Polícia Civil, "Leandra Ferreira Gomes foi autuada em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Eva da Fonseca Gomes foi autuada pelos mesmos crimes, além do previsto no artigo 334 do Código Penal: Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de mercadoria".

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou que elas estão no Centro Prisional Feminino de Cariacica.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados