search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Aumento da área desmatada só foi maior com Lula
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Aumento da área desmatada só foi maior com Lula

O Prodes, sistema do INPE que monitora taxa de desmatamento na Amazônia, mostrou que a área desmatada cresceu 2,3 mil km desde o ano passado.

A última vez que isso ocorreu foi entre 2003 e 2004, no governo Lula, quando a área de floresta destruída cresceu 2,4 mil km. Foram 27,8 mil km desmatados de 2003 a 2004. Segundo dados do Prodes, essa área é quase três vezes maior que a desmatada atualmente.

Sob controle
Segundo o Prodes, o desmatamento atual é 30% menor que a média histórica: 13,9 mil km. Já foram desmatados 446,2 mil km desde 1988.

FHC, o campeão
O ano de 1995, primeiro do governo FHC, teve o maior desmatamento registrado no Prodes (29,1 mil Km).

Eco-Dilma
Os anos de governo Dilma Rousseff, ao contrário do antecessor, registraram as menores áreas desmatadas.

O melhor ano
O ano de 2012 teve o melhor resultado já registrado sobre o desmatamento na Amazônia: apenas: 4,6 mil km.

Metade do óleo sai da Venezuela clandestinamente
Apesar do embargo à Venezuela, entre outubro e novembro o país do ditador Nicolás Maduro continuou a exportar petróleo e até aumentou o volume de 523 mil barris para 530 mil barris de petróleo por dia, segundo o banco de dados OilX.

A maior parte do petróleo foi destinada à Índia e à China, sendo “navios fantasmas”, metade dos petroleiros que fizeram o transporte. Esses navios, conhecidos por “dark-ships”, desligam o transponder e outros equipamentos para não serem rastreáveis.

Como agem os culpados
O navio “Dragon” (Libéria) registrou localização na França, mas estava na Venezuela embarcando petróleo, segundo aponta a Bloomberg.

Enquanto houver demanda...
Contratado pela petroleira russa Rosneft, o “Dragon” transportou dois milhões de barris Venezuela clandestinamente. A empresa, claro, nega.

Cresceu pouco
De acordo com a Organização de Países Exportadores de Petróleo, a Venezuela exportou em média 644 mil barris por dia em setembro.

Nada supera olho no olho
Jair Bolsonaro aproveitou bem a convivência com os demais presidentes, na 11ª Cúpula dos Brics. “Parece pouco, mas o contato humano ainda faz toda a diferença”, disse um experiente diplomata, surpreso com a desenvoltura do brasileiro cuja “inteligência e simpatia” encantou a todos.

Chinês é o cara
A comitiva chinesa à 11ª Cúpula dos Brics, incluindo o presidente Xi Jinping, encantou os funcionários do hotel Royal Tulip, em Brasília. Apesar de todo o poder, revelaram-se humildes, educados e simpáticos.

Secundarizando a objetividade
Ex-deputado que trocou o PT pelo PDT no Distrito Federal, Wasny de Roure quase deu um nó na língua para explicar a opção preferencial petista pela ladroagem: “o PT falhou ao secundarizar a sociedade”.

Passe disputado
A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) tem sido convidada a dar uns voos rasantes, em Brasília, em locais pilotados por opositores do presidente Bolsonaro. Mas ela permanece leal ao ideário que a elegeu.

Reforço no Fogão
Aplicativo que une passageiros a empresas de fretamento de ônibus, a Buser ampliou o patrocínio ao Botafogo até o final da temporada. O reforço ajudará o clube da estrela solitária na reta final do Brasileirão.

Uneal condena intolerância
Sobre o grupo de História Geral no Whatsapp, revelado nesta coluna, a Universidade Estadual de Alagoas, que não tem gerência sobre grupo de aplicativos, divulgou nota condenando “qualquer tipo de intolerância ou ato discriminatório que não respeite a dignidade da pessoa humana”.

Aula dentro e fora de campo
Técnico da seleção sub17 tetracampeã mundial, Guilherme Dalla Dea mostrou que, além de resgatar o bom futebol deixado de lado por Tite no time principal, mostrou cortesia institucional ao participar de almoço dos atletas com o presidente do País que defenderam em campo.

Sucessão da OAB
O presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche, vem sendo sondado para disputar a presidência nacional da Ordem. Ele é do tipo agregador, habilidoso, e tem coragem. Atributos que faltam à cúpula atual.

Pensando bem...
...enquanto quem viaja ao exterior ou compra importados chora com o dólar alto, os exportadores estão rindo à toa.

Poder sem pudor

O quase ministro
Durante anos o paulista Castilho Cabral acreditou que quase foi ministro de Jânio Quadros. Tudo por causa de um telefonema nos dias em que o presidente eleito se encontrava em Paris: “Monsieur Castilhô... Monsieur Quadrôs...”, anunciou o telefonista. A voz de Jânio apareceria em seguida:

“Castilho, meu bem! Preciso de você no ministério, mas quero uma resposta agora...” Subitamente um ruído cortou a conversa, naqueles tempos sem DDD. “Monsieur Castilhô, São Paulô...” – insistia o tal telefonista, entre chiados. Era tudo uma brincadeira de dois amigos, Otto Lara Rezende (o “telefonista” parisiense) e José Aparecido de Oliveira, imitando Jânio.

Colaboram: André Brito e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Três bolsonaristas querem a vaga de Weintraub

Notícias sobre a eventual saída do ministro Abraham Weintraub (Educação), apesar de inicialmente negadas, movimentou candidatos ao posto. Lideram essa bolsa de apostas Antônio Freitas, pró-reito…


Exclusivo
Cláudio Humberto

No Aliança, 15 milhões de filiados evangélicos

Em busca de apoio para se viabilizar, o partido Aliança pelo Brasil, que está sendo criado pela família Bolsonaro, poderá ganhar, em prazo curto, 15 milhões de filiados evangélicos. É o que …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Fundão faz de 2020 a eleição mais cara da História

O Fundão Sem Vergonha de R$ 3,8 bilhões, aprovado na Comissão de Orçamento para bancar a campanha municipal, garantiu que as eleições 2020 sejam as mais caras da História. Em 2016, a primeira …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro se beneficiou de “laranjas”, acusa Bivar

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), que ontem comandou a suspensão de 14 deputados e a advertência de outros quatro, afirmou que, se houve beneficiado pelas “candidaturas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Moleza: Câmara trabalha só nove dias em dezembro

Parlamentares brasileiros têm ritmo próprio de “trabalho”, mas neste dezembro o ócio na Câmara dos Deputados alcançou a outro patamar. Serão apenas nove dias trabalhados oficialmente, incluindo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Casa Civil sequer ajuda na articulação política

A Casa Civil não ajuda nada na articulação para aprovar projetos importantes, como a Medida Provisória da Liberdade Econômica ou a reforma da Previdência, segundo se queixam integrantes do time de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Alcolumbre usa gaveta para prejudicar diplomacia

No exterior, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, adora o tapete vermelho dos diplomatas brasileiros, mas no Brasil ele os trata como inimigos, impedindo a tramitação de indicações de embaixadore…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Reunião mostrou armação para “melar” proposta

Parlamentares que estiveram na fracassada reunião de ontem na residência oficial do Senado saíram com a certeza de que os presidentes das duas casas não estavam interessados em negociar acordo para …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Brasil pode ter mais de 100 partidos em 2020

O imbróglio envolvendo o uso de meios eletrônicos para validar o apoio à criação de partidos políticos pode facilitar a conclusão dos 76 pedidos de criação atualmente em tramitação no Tribunal …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aliança pode ser criado por aplicativo de celular

Aplicativo de celular é uma das estratégias para criação do Aliança, partido do presidente Jair Bolsonaro, a tempo de disputar as eleições de 2020, segundo confirmou seu secretário-geral e ex-ministr…


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados