search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Atacante capixaba do Flamengo é vendido para time japonês

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Atacante capixaba do Flamengo é vendido para time japonês


Lincoln ao lado de Gabigol (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo)
Lincoln ao lado de Gabigol (Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo)

Após muitas idas e vindas, o atacante Lincoln, enfim, está muito perto de sua saída do Flamengo. O jogador e as partes devem assinar a sua transferência para o Vissel Kobe, do Japão, entre esta quinta (14) e sexta (15). Falta apenas o envio de documentos para que o negócio seja 100% selado.
Inicialmente, os japoneses propuseram um empréstimo, mas decidiram pela compra ante a concorrência do Cincinnati F.C, dos Estados Unidos. Ir para o Japão era a preferência do jogador e de seus agentes, mas faltava convencer o Fla

Novas exigências dos rubro-negros travaram o negócio e o jovem já não escondia mais de ninguém que desejava sair. Com o seu futuro em jogo, Lincoln foi "rebaixado" e passou a treinar com o sub-20. Ele tinha contrato até 31 de dezembro de 2023 com os rubro-negros.

Com passagens pela seleção brasileira de base e apontado como joia nos tempos em que estava nas categorias inferiores, Lincoln foi promovido em 2017, quando tinha 16 anos, e ganhou espaço entre os profissionais antes mesmo de muitos companheiros. À época, a promoção foi antecipada devido à suspensão de Paolo Guerrero, após teste positivo em antidoping.

Naquela oportunidade, o jovem camisa 9 recebeu bastante atenção, uma vez que tinha ido bem na Copa São Paulo de Futebol Júnior e se destacado pela seleção no Mundial sub-17. Porém, desde então, não conseguiu uma sequência de partidas e oscilou entre chances como titular e o banco de reservas.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados