Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

As oliveiras no Espírito Santo
Tribuna Livre

As oliveiras no Espírito Santo

Na mitologia grega, a oliveira surge de uma disputa entre Atena e Poseidon. Zeus constituiria um dos dois como patrono de uma importante cidade. Na competição, Poseidon criou o oceano, uma imensidão de água, porém muito salgada, que não servia para matar a sede.

Atena, por sua vez, criou a oliveira e a ofertou ao povo. Zeus escolheu a oliveira e a cidade passou a se chamar Atenas. Não é à toa que até hoje os gregos são os campeões mundiais em consumo de azeite per capita (16,3 kg/hab).

Ao longo da história, outros países se destacaram na produção do azeite de oliva, como a Espanha, Portugal, Itália, Turquia e a Tunísia. No mundo todo, cerca de 10 milhões de hectares são destinados à olivicultura (cultivo da oliveira), produzindo em média 27 milhões de toneladas de azeitonas, das quais, 90% são destinadas à produção do azeite (safra 2017/2018).

No Brasil, a olivicultura é ainda bastante jovem. Apesar disso, o setor vem colhendo bons frutos. Somente em 2017, produziu em torno de 130 mil litros de azeite a partir de 1.200 toneladas de azeitonas, aproximadamente (Fonte: Anuário Brasileiro das Oliveiras/2018).

As principais regiões produtoras são: Sul (Rio Grande do Sul) e Serra da Mantiqueira (Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro), sendo o Rio Grande do Sul e Minas os grandes protagonistas. Entretanto, outras regiões vêm despontando com forte aptidão para a cultura de oliveiras e, entre elas, o Espírito Santo tem merecido especial atenção.

As montanhas capixabas – Região Serrana e do Caparaó – reúnem condições excepcionais que compõem seu terroir – termo francês, sem tradução, que representa fatores responsáveis pela identidade do vinho, e que tem se aplicado também ao azeite.

Um conjunto de qualidades quanto ao clima, relevo, mineralogia, temperatura, umidade do ar, tipo de solo, vento, precipitação pluvial entre outras determinantes que propiciam o plantio da Olea europaea, ou simplesmente, oliveira. A junção desses fatores atestam ao azeite capixaba uma diferenciação única de sabor, cor, textura e acidez.

O Espírito Santo possui 25 municípios que somam mais de 150.000ha com altitude entre 800 e 1.300m e temperatura mínima média entre 7,3º e 9,4ºC, o que tornam estas áreas aptas para o plantio. Carlos Sangali, extensionista do Incaper – Instituto Capixaba de Pesquisa e Assistência Técnica e Extensão Rural – acompanhou de perto a produção do primeiro azeite do Espírito Santo, o “Esmeralda Capixaba”, que teve origem nas mudas cultivadas em Santa Teresa e Venda Nova do Imigrante. Sangali defende o plantio das azeitonas como forma de diversificação de culturas e estratégia para agregar valor à produção.

Os desafios são muitos e, com a criação da Frente Parlamentar em Apoio à Agricultura, estamos lado a lado com os produtores, buscando no Governo do Estado o impulso necessário para avançar e inserir definitivamente a Olivicultura na agroindústria capixaba. Além da assistência técnica, o fomento à atividade também passa pela difusão de tecnologias e viabilização de material geneticamente melhorado. Nossa meta é que até 2020 possamos contar com 300 hectares de área cultivada, o que viabiliza a construção da Indústria de beneficiamento.

Uma coisa é certa, o azeite capixaba é uma realidade e tem agradado aos mais exigentes paladares. Nisso, até mesmo gregos e troianos devem concordar.

Dary Pagung é deputado estadual, presidente da Frente Parlamentar em Defesa e Apoio da Agricultura e advogado.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Homenagem a um médico que fez a diferença

Recentemente perdemos um dos grandes personagens capixabas. Estamos nos referindo ao professor Carlos Sandoval Gonçalves, ícone dentre os pesquisadores e professores de Medicina do Brasil, que …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação especial como política pública

Historicamente, a educação especial para pessoas com deficiência é oferecida por instituições privadas, incluídas as especializadas, confessionais e filantrópicas. A partir de 1973, ela foi incorpora…


Exclusivo
Tribuna Livre

O “ser mulher” e a busca pela sobrevivência

Era uma vez uma selva, onde morava uma leoa muito dócil e, ao mesmo tempo, valente. Cuidava de seus filhotes e ia à caça para não lhes faltar alimento. Por instinto, fazia o que preciso fosse para …


Exclusivo
Tribuna Livre

Deixa falar! Deixa viver!

De acordo com o Atlas da Violência 2019, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a morte no Brasil tem cor, idade, gênero, classe social e nível de escolaridade. Ou seja, quem …


Exclusivo
Tribuna Livre

Respeito à vontade do idoso sobre sua saúde

Respeitar a vontade do paciente idoso quando ele ainda possui domínio mental sobre a própria vida por meio da Diretiva Antecipada de Vontade (DAV) é um recurso que, aos poucos, vem ganhando força e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Qual a sua toga?

A revolução francesa legou àquele país uma cultura política refratária ao Poder Judiciário. Ainda hoje, os salários dos seus juízes são baixos e a jurisdição constitucional é feita por órgão político …


Exclusivo
Tribuna Livre

Inovação. Por onde eu começo?

Inovação é a palavra do momento, sobretudo, no mundo dos negócios. Para quem quer iniciar um processo inovador, seja ele pessoal ou empresarial, um bom começo é buscar compreender o que é a inovação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação alimentar, emagrecimento sem estresse

“Já fiz de tudo para emagrecer e não consigo”. Certamente você já ouviu esta frase de um conhecido, amigo ou você mesmo pronunciou ao travar algumas sofridas batalhas com dietas dos mais variados …


Exclusivo
Tribuna Livre

A tecnologia na educação 4.0

A Feira Bett Educar é um evento referência na América Latina para o setor educacional e reúne os maiores especialistas no assunto para discutir os desafios do setor. Nos últimos dois anos, a …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância do controle na busca por resultados

Diante de uma realidade social cada vez mais inquietante e de uma sociedade progressivamente heterogênea, o grande desafio da administração pública - que no seu contexto apresenta problemas complexos…


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados