Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Árvores frutíferas para o seu apartamento
AT em Família

Árvores frutíferas para o seu apartamento

Por Luciana Pimentel

Já pensou que delícia ter árvores frutíferas no apartamento e colher o fruto fresquinho, sem agrotóxico? Saiba que muitas plantas se adaptam bem aos vasos e são ótimas opções de jardinagem também para os espaços pequenos.

Amoreira, pitangueira, laranjeira, limoeiro, macieira e jabuticabeira são algumas das espécies que podem ser cultivadas dentro do apê. A paisagista Sinthia Ferrari explicou que todas as espécies frutíferas ficam boas em apartamentos, desde que tenham luminosidade suficiente: elas precisam de pelo menos três horas de sol por dia.

E ensinou que, para o jardim ficar bonito, elas podem ser combinadas com espécies tropicais, como samambaias e palmeiras, e folhagens como pacova, costela-de-adão e filodendros.

Caroline Vallandro, professora do Unesc e mestre em Arquitetura e Urbanismo, destacou que o tamanho da árvore e o tamanho do fruto serão impactados pelo tamanho do vaso.

“Uma jabuticabeira pode produzir frutos do tamanho original em um vaso grande dentro de uma varanda, pois a árvore e o fruto não têm grandes proporções já no seu estado original. Já uma laranjeira, um pé de limão ou outras árvores que necessitam de mais espaço podem acabar produzindo frutos menores devido à faltade espaço para crescimento das raízes dentro do vaso”, lembrou.

Para mantê-las bonitas e longe de pragas, Caroline salientou que é preciso fazer podas e adubações, pois as plantas frutíferas precisam de um solo cheio de nutrientes para produzirem bons frutos.

“Uma dica para a prevenção de pragas é cobrir os frutos com uma sacola de proteção logo que eles começarem a crescer. Assim, evita-se que insetos venham a danificá-los”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados