Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Após revelar não ter votado no referendo, Paul McCartney, crava: Brexit foi "um erro"

Música

Após revelar não ter votado no referendo, Paul McCartney, crava: Brexit foi "um erro"


 (Foto: )
(Foto: )

Paul McCartney disse que o referendo do Brexit foi provavelmente um erro e a saída do Reino Unido da União Europeia "uma bagunça", durante uma entrevista ao BBC2’s.

O músico revelou não ter votado em 2016 por não encontrar "uma pessoa dizendo algo sensato o suficiente" para convencê-lo a votar. Sobre a votação, também afirmou: "Eu voto por quem eu acredito, nesse caso, não existe ninguém em quem eu acredite."

"O que me assustou foi o fato de conhecer muitas pessoas mais velhas, praticamente da minha geração. Eles estavam indo [votar] e me diziam: 'Vai ser como nos velhos tempos, vamos voltar a ser o que era.' E eu pensava: 'Sim? Ah, não tenho certeza disso.' E essa atitude foi muito constante. [...] Tenho idade suficiente para lembrar o lixo nas ruas e as pessoas que não foram enterradas porque os coveiros estavam em greve. Foi um período bastante difícil, e passamos por isso. Então acho que vamos passar por isso também [Brexit]", revelou McCartney.

Ele continuou: "Eu acho que é uma bagunça. Vou ficar feliz quando isso acabar."

Diferentemente deRingo Starr, ex-companheiro de Beatles, que chamou o Brexit de um "grande passo" para o Reino Unido, em 2017. Em conversa com a BBC Newsnight, o baterista dos Beatles falou que, se ainda morasse no Reino Unido em 2016, teria votado a favor do Brexit "porque é uma ótima escolha".

Podem até existir discordâncias políticas entre os dois, no entanto, no novo disco de Ringo Starr, o músico faz uma quase reunião dos Beatles. Em "Grow Old With Me", se apresenta nos vocais e tem Paul McCartney no baixo e vocais de apoio. A faixa foi escrita por John Lennon alguns anos antes da morte. A previsão de lançamento do novo projeto está marcada para o dia 25 de outubro, a pré-venda já está disponível.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados