search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Após fraude, Detran anuncia novo sistema contra crimes

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Após fraude, Detran anuncia novo sistema contra crimes


Givaldo Vieira, diretor-geral do Detran, explica como o sistema de inteligência artificial vai ajudar a combater fraudes (Foto: Kadidja Fernandes/ AT/ 10/09/2019)
Givaldo Vieira, diretor-geral do Detran, explica como o sistema de inteligência artificial vai ajudar a combater fraudes (Foto: Kadidja Fernandes/ AT/ 10/09/2019)

Após sofrer com ataques de quadrilhas e identificar carteiras de habilitação emitidas com irregularidades, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) contratou um sistema inteligente para combater diversos tipos de fraudes.

O programa tem inteligência artificial e faz cruzamentos de dados para identificar documentos e informações falsas fornecidas durante os processos de habilitação e de veículo. O sistema é semelhante ao utilizado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), do governo federal.

Com ele, o Detran-ES poderá identificar tentativas de emissão de uma carteira de motorista utilizando uma identidade falsa ou de outra pessoa, por exemplo.

Entre janeiro do ano passado e setembro deste ano, 183 carteiras foram canceladas pelo departamento de trânsito por conta de irregularidades como essas, segundo o diretor-geral do órgão, Givaldo Vieira.

“Temos casos de tentativa de obter a carteira de habilitação usando o registro de uma pessoa de outro estado, com outros dados e fotos. O sistema fará a verificação desses dados em frações de segundos. Vamos aumentar a vigilância”, afirmou Givaldo.

O sistema também será utilizado para combater crimes que envolvem o registro ilegal de veículos roubados. “Estamos sendo atacados por quadrilhas especializadas em furtos e roubos de veículos”, ressaltou.

No mês passado, foi descoberta uma rede criminosa que fraudava documentos de registros de veículos no Detran-ES. Segundo o promotor de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Tiago Pinhal, a fraude é estimada em mais de R$ 100 milhões, com a identificação de falsificação de 896 documentos.

Com o documento, golpistas adulteravam carros roubados ou furtados para que passassem a ser legais. Também realizavam financiamentos de veículos em bancos ou aplicavam golpes em seguradoras, depois de registrar um falso crime de roubo de carro.

Palestra

Para apresentar o sistema de inteligência artificial e analítica, o Detran-ES realizou na terça-feira (10) um workshop para membros de órgãos ligados ao trânsito, como policiais das delegacias especializadas em Furto e Roubo de Veículos; de Defraudação e Delitos de Trânsito, além das polícias Militar e Rodoviária Federal.

Falsificação de 896 documentos

Sistema inteligente

  • O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) contratou um software de inteligência artificial e analítica para combater fraudes no sistema de trânsito.
  • O sistema faz cruzamentos de dados para identificar documentos e informações falsas fornecidas durante os processos de habilitação e de veículo. Com isso, diversas fraudes poderão ser descobertas

As fraudes
Ilegalidade na habilitação

  • Há casos de carteira de habilitação emitida através de identidades falsas ou com dados e fotos de pessoas de outros estados.
  • 183 carteiras foram canceladas pelo departamento de trânsito por conta de irregularidades como essas.

Hospedeiro de multas

  • Alguns condutores registrados cobram valores de motoristas infratores para hospedar multas através da transferência.

Registro ilegal

  • Com documentos ilegais, golpistas adulteravam carros roubados ou furtados para que passassem a ser legais.
  • No mês passado, foi descoberta uma rede criminosa que fraudava documentos de registros de veículos no Detran-ES. A fraude é estimada em mais de R$ 100 milhões, com a identificação de falsificação de 896 documentos.

Fonte: Detran-ES e pesquisa AT.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados