Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Após assumir bissexualidade, Anitta faz crítica dura 'a postura' do presidente Bolsonaro

Música

Após assumir bissexualidade, Anitta faz crítica dura 'a postura' do presidente Bolsonaro


 (Foto: )
(Foto: )

A cantora Anitta roda o mundo para divulgar o novo álbum, Kisses, e em passagem pela Europa fez revelações íntimas sobre sua vida durante entrevista para o site Shangay.

Ela falou sobre a orientação sexual e o processo de aceitação dos pais."A bissexualidade é uma realidade para mim há muito tempo, há mais de dez anos. Escolhi a maneira correta de compartilhar isso, porque não queria contar diretamente à imprensa. Poderiam ter utilizado isso como quisessem. Os meios de comunicação estão sempre buscando cliques e polêmicas. Talvez tivessem tratado o tema de uma maneira que não fosse respeitosa”, disse a cantora.

Ela também falou como contou aos pais. "Meus pais e meu irmão sabem desde que tenho 13 ou 14 anos. Todos vivem tranquilo, com normalidade. Tive muita sorte com minha família. Não é como se minha mãe adorasse isso, mas sempre me amou como sou e me respeita. Meu irmão não encarou tão bem na adolescência, porque às vezes eu roubava algumas de suas pretendentes (risos)", brincou ela.

Anitta não deixou de citar a postura do atual presidente Jair Bolsonaro. "O problema existe quando vemos que temos um presidente com preconceitos. Também me preocupa muito o meio ambiente – que não se cuida das florestas amazônicas. Temos que cuidar do nosso mundo, seja gay, rico, pobre, religioso ou não", explicou.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados